SERRANOSSA.com.br

20H44 | Quarta-feira, 16 de agosto de 2017

20H44

Quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Publicidade
10.08.2017 | 09:34:59 Geral

Solidariedade: Mão Amiga de Bento Gonçalves atinge meta de auxiliar dez crianças em 2017

O dilema de precisar trabalhar e não ter com quem deixar os filhos ou não conseguir arcar com os custos de uma mensalidade particular faz parte da rotina de muitas famílias. Foi graças ao Mão Amiga que esse impasse foi solucionado na vida da doméstica Adriane Marcon da Rosa, mãe de Pietro, de seis meses, uma das crianças atendidas pelo projeto.

Com o término da licença-maternidade no final de maio e sem conseguir creche na rede pública, Adriane até encontrou uma pessoa que pudesse cuidar do menino, mas ele não se adaptou. Com ajuda financeira da família, os pais conseguiram matricular Pietro em uma creche particular enquanto seguiam buscando a matrícula pelo município. “Eu e meu marido precisamos trabalhar, não tinha outra solução”, explica. Foi o Conselho Tutelar quem  avisou sobre a existência do Mão Amiga. “Não sabia o que era e fui me informar”, conta.

Ao saber que se enquadrava nos critérios, o passo seguinte foi conversar com a direção da escolinha para sondar se teria interesse em aderir à iniciativa – o bebê já estava há uma semana na creche e com boa adaptação e os pais gostariam de mantê-lo lá. “Eles abraçaram a causa”, comemora. Para conseguir pagar o valor da mensalidade, ela conta que foi preciso fazer alguns ajustes no orçamento – eles moram de aluguel e ainda têm outros dois filhos de cinco e 11 anos. Mesmo assim, o valor é menos da metade do que precisariam desembolsar caso não pudessem contar com a ajuda do projeto.

O Mão Amiga inclui na Educação Infantil crianças em situação de vulnerabilidade social, por meio de subsídio para vagas em escolas particulares, suprindo a demanda de atendimento dos zero aos seis anos. O custo da mensalidade nas escolas parceiras é de R$ 600. O Mão Amiga paga 50% do valor, sendo que a outra metade é paga pelos responsáveis, que são incentivados a mantarem-se em atividade no mercado de trabalho. Bento Gonçalves é a quarta cidade a aderir à iniciativa – o projeto iniciou em Caxias do Sul, mas também está presente em Flores de Cunha e Farroupilha.

Em seis meses de existência em Bento Gonçalves, o projeto conseguiu atingir a meta estipulada até o final do ano, que era atender dez crianças. “Estamos muito felizes por conseguir auxiliar as famílias e levar esta oportunidade às crianças que realmente precisam. A entidade é resultado do trabalho de uma série de voluntários fantásticos que se doam à causa e transformam a realidade”, comenta o presidente da iniciativa no município, Marcos Fracalossi.

Ele explica que o critério na seleção das crianças é bastante rígido e que as informações repassadas pela família são checadas de forma integral. Para serem contemplados, os pais também precisam ter uma renda condizente com a proposta, uma vez que eles terão que arcar com parte da mensalidade.

O Mão Amiga encerrou o primeiro semestre do ano com saldo de R$ 10.097,96. Com este valor, mais as contribuições mensais projetadas até o final de dezembro, a manutenção na escola das dez primeiras crianças beneficiadas pelo projeto já está garantida. “Ainda temos muito caminho a percorrer e muitas outras que precisam do auxílio”, avalia. Além das doações feitas por padrinhos (tanto pessoas físicas quanto jurídicas), uma das ações que contribuiu para atingir a meta estipulada para o ano foi a destinação de metade da renda obtida com a venda de ingressos do show do Padre Ezequiel Dal Pozzo, realizado no final de maio na Casa das Artes – o montante chegou R$ 4.790,18.  

Padrinhos

Um dos pilares que sustentam o trabalho da entidade é a atuação dos chamados padrinhos, pessoas físicas ou jurídicas que mensalmente contribuem com algum valor financeiro. Uma das colaboradoras é a advogada Carla Menin Daleve, que ficou sabendo da iniciativa por conta de um convite feito via WhatsApp que deu origem a um grupo de amigas que solidarizou-se com a causa. O pagamento de R$ 30 mensais é feito via boleto bancário. “É um valor irrisório perto dos benefícios que o projeto tem”, comenta ela, que também realiza outros trabalhos voluntários e ajuda entidades de proteção animal.

Como ajudar

Interessados em colaborar com o projeto, seja como padrinho ou voluntário, podem entrar em contato pelo e-mail maoamigabg@gmail.com ou pelos telefones (54) 99681 9910 ou (54) 2621 2747. Mais informações também estão disponíveis no Facebook, na página fb.com/maoamigabento

É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização expressa do Grupo SERRANOSSA.

Tópicos Relacionados: mao amiga, educacao, solidariedade

‹‹ voltar ver todas as notícias ››

O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.

Opine:

Edição 622
11.08.2017

Publicidade

Curta o SERRANOSSA

Serranossa

Rua 13 de Maio, 877, sala 602 | 6º andar do L'América Shopping
Bairro São Bento CEP 95703-154 | Bento Gonçalves - RS
(54) 3454-1015 | contato@serranossa.com.br

© 2016 serranossa.com.br Todos os direitos reservados