SERRANOSSA.com.br

14H20 | Terça-feira, 27 de junho de 2017

14H20

Terça-feira, 27 de junho de 2017

Publicidade
19.04.2017 | 18:35:24 Segurança

Três presos e cerca de 20 toneladas de alimentos inutilizados em ação de segurança alimentar em Bento Gonçalves

A equipe da Força-tarefa do Programa Segurança Alimentar realizou entre a terça-feira, dia 18, e a quarta-feira, 19, ação de fiscalização em 13 estabelecimentos comerciais do município de Bento Gonçalves. Ao todo, foram apreendidas cerca de 20 toneladas de alimentos impróprios ao consumo, um local foi interditado pela Vigilância Sanitária e três pessoas acabaram presas, sendo que duas delas pagaram fiança e foram liberadas. Entre os alimentos apreendidos há grande quantidade de carne, a maior parte retalhos que eram utilizados como matéria-prima para produção de carne moída (guisado).

Durante entrevista coletiva no final da tarde desta quarta-feira, os integrantes da Força-tarefa informaram que cerca de 1/3 do volume apreendido é de alimentos estragados e impróprios para o consumo (carne podre, especialmente). O restante é de produtos que não estavam deteriorados, mas foram considerados irregulares (sem indicação de procedência, vencidos, mantidos fora da temperatura adequada e com fracionamento irregular, entre outros problemas). Outra informação repassada à imprensa é que não havia uma lista engessada de estabelecimentos a serem vistoriados. Alguns foram fiscalizados em razão de cinco inquéritos já instaurados pelo Ministério Público. Outros foram sendo decididos durante as operações, com base até em denúncias feitas pela comunidade na hora da fiscalização.

Na quarta-feira, foram vistoriados o Supermercado Nacional, o Supermercado Grepar, o Supermercado Rizzardo, o Supermercado Apolo (L´América Shopping e bairro São Roque) e o Supermercado Andreazza. Também passou por fiscalização o Frigorífico Gasperin – o proprietário foi preso por falsificação de rotulagem e por comercializar muitos alimentos vencidos.

Já na terça-feira, passaram pela inspeção a Casa de Carnes Santa Eulália, Big Boi Carnes, Casa de Carnes Razzera, Açougue Silvério, Casa de Carnes São Roque, Fruteira São Roque e Mercado e Açougue Boi na Brasa. O Mercado e Açougue Boi na Brasa foi interditado pelos agentes da Vigilância Sanitária por problemas sanitários e inúmeras mercadorias vencidas sendo comercializadas. Também foram encontradas carnes com vencimento no ano de 2015. O proprietário do estabelecimento foi preso por crime contra as relações de consumo. Na Fruteira São Roque, o proprietário foi preso.

Participaram da ação o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Segurança Alimentar, Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, a coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Consumidor e da Ordem Econômica, Caroline Vaz, os promotores de Justiça de Bento Gonçalves Alécio Nogueira, Lisiane Rubin e Gílson Medeiros, agentes da Vigilância Sanitária Estadual, Vigilância Sanitária Municipal de Bento Gonçalves, Secretaria Estadual da Agricultura (Seapi), Delegacia do Consumidor (Decon), Procon de Bento Gonçalves e servidores do Ministério Público.

É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização expressa do Grupo SERRANOSSA.

Tópicos Relacionados: mp, carne

‹‹ voltar ver todas as notícias ››

O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.

Opine:

Edição 615
22.06.2017

Publicidade

Curta o SERRANOSSA

Serranossa

Rua 13 de Maio, 877, sala 602 | 6º andar do L'América Shopping
Bairro São Bento CEP 95703-154 | Bento Gonçalves - RS
(54) 3454-1015 | contato@serranossa.com.br

© 2016 serranossa.com.br Todos os direitos reservados