2ª edição da Cavalgada do Vale dos Vinhedos recolhe uma tonelada de produtos para doação

Com o projeto sendo realizado desde 2022, as doações serão partilhadas, igualmente, entre quatro entidades de Bento Gonçalves

Foto: Divulgação

No último sábado, 18/03, ocorreu a 2ª edição do projeto Cavalgada do Vale dos Vinhedos. Organizado por um grupo de amigos, a cavalgada tem como principal objetivo arrecadar alimentos e produtos de higiene para serem doados à instituições de caridade de Bento Gonçalves.

Nesta segunda edição, uma tonelada de produtos foi arrecadada, repetindo o mesmo número da 1ª edição, realizada em 2022. No total, oito cavaleiros participaram do trajeto, que partiu às 8h da Linha Leopoldina e passou por localidades como a Capela das Almas e a Capela das Neves, pelos bairros Municipal, Jardim Glória, Pomarosa e Vinosul, além da Garibaldina e Linhas 8 e 15 da Graciema, finalizando o trajeto de quase 12 km ao fim do dia.


Segundo a organização do projeto, as doações, que são obtidas durante o trajeto, serão distribuídas, igualmente, entre quatro entidades: Lar Luchese, Lar do Ancião, Cáritas – Paróquia Cristo Rei e Lar da Caridade.

Foto: Divulgação

De acordo com Paulo Zorzi, cavaleiro e um dos principais organizadores, a troca com moradores e a partilha da solidariedade fazem valer a pena. “É muito bom estar em contato com a solidariedade das pessoas. Muitas pessoas se lembraram da iniciativa ano passado e doaram novamente, até em maior quantidade”, afirma.

Para Zorzi, assim como em 2022, a recepção por parte dos moradores também incentiva a continuidade do projeto. “Ficamos muito felizes em ter essa recepção das pessoas da comunidade e ver que elas aguardaram e se organizaram para doar novamente. É muito gratificante ver as pessoas querendo ajudar os outros, e confiando na nossa iniciativa”, pontua.

A ajuda da população também foi essencial para o sucesso da edição. “Foi muito legal também contar com a ajuda durante o trajeto. Esse ano, tivemos dois carros [e seis pessoas] de apoio […] Além disso, várias pessoas nos ofereceram água e apoio durante o trajeto”, finaliza.