A beleza da bondade

Quanto importante é encontrarmos pessoas bondosas. Tem muita gente de coração bom, coração maravilhoso, que a vida nos dá a oportunidade de conhecer. Gente que contesta injustiça, que nos ajuda a acreditar que vale a pena lutar pelo bem, pela verdade, pelo amor, pela justiça, contra a violência, a favor da paz. Gente que continua a educar os filhos com os valores, dizendo: meu filho não faça isso, isso não é seu, seja bom. Muita gente de coração bonito, que continua a olhar para frente e acreditar que vale a pena ser justo, ser honesto, ser ético, mesmo sendo motivo, muitas vezes, de piadas e de chacotas, uma vez que por aquilo que nós vemos, ficamos desconfiados se vale a pena ou não ser honesto, diante de tanta corrupção e de maldades.

Eu tenho visto gente que não aceita fazer pactos baseados nos interesses escondidos e antiéticos. Tem muita gente boa no mundo, mas os seus gestos são mais discretos, as suas atitudes aparecem menos. A bondade é sempre silenciosa e discreta. A vida nos faz conhecer tantas pessoas, gente que sofre em silêncio, que rezam que perdoa, gente que não desiste nunca, que não desanima, que enfrenta a cada dia os desafios com amor, perseverança e verdade. São pessoas que dão esperança ao futuro.

Uma delas, que todos nós conhecemos, foi Madre Tereza de Calcutá, Nobel da Paz em 1979. Uma das poesias dela dizia assim: “Se você é gentil, podem acusá-lo de egoísta, interesseiro. Seja gentil assim mesmo. Se você é vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros. Vença assim mesmo. Se você é bondoso e franco, poderão enganá-lo. Seja bondoso e franco assim mesmo. O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra. Construa assim mesmo. Se você tem paz e é feliz, poderão sentir inveja. Seja feliz assim mesmo. O bem que você faz hoje poderão esquecê-lo amanhã. Faça o bem assim mesmo. Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante. Dê o melhor de você assim mesmo. Veja você que no final o acerto de contas é entre você e Deus, nunca foi entre você e os outros”.

Pense nisso. Pratique a bondade!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.