A Engenharia da Produção e o sucesso das empresas: a gestão por processos como meio para mudança organizacional


 

A mudança organizacional depende de um ambiente propício. Ferramentas da qualidade, como a gestão por processos, representam um estímulo nessa direção. Contextualizar os fatos, a forma de trabalhar, o repensar como fazer as atividades, os procedimentos a seguir, enfim, repensar tudo que é realizado rotineiramente faz parte desta metodologia. Sob esta perspectiva está centrada a relevância da gestão por processos para mudança, visto que busca a autonomia de gestores de processo para repensar e replanejar sua rotina.

O processo de mudança incorre em resistências. Portanto, a utilização de metodologias de gestão para lidar com essas situações são alternativas viáveis. As metodologias de gestão que permitem modificações na área da cultura para lidar com mudança costumam ser desencadeadas por sistemas de gestão da qualidade. Dessa forma, a gestão por processos é alternativa. Todavia, a adoção dessa metodologia implica a definição de novos conceitos, entendimento de em que está baseada a estratégia atual e como fazer para utilizá-la. No caso da gestão por processos os principais desafios são definir o que são os processos, o que é uma estrutura de processos, como fazer modelagem dos processos e quais os benefícios provenientes de seguir a metodologia.

Os processos são quaisquer atividades que tomam um input adicionam valor a eles e fornecem um output a um cliente específico. Os processos de negócio são os processos essenciais da organização que conduzem ao alcance das metas, aos objetivos do negócio, e definem regras e relacionamentos dentro da estrutura. Os processos de negócio também mantêm a capacidade e agilidade para o desenvolvimento da organização.

Ao definir conceitos é necessário saber como eles podem auxiliar no processo de mudança, ou seja, quais os benefícios da gestão por processos. Os principais benefícios da gestão por processos são: escuta ao cliente, multidisciplinaridade na execução das tarefas e o fluxo de informação direcionado para onde é necessária. Entendendo o que são os processos, processos de negócio e quais os benefícios de gerir por processos, entendem-se quais as principais características desta ferramenta. Dessa forma, fica evidenciado o potencial da ferramenta para auxiliar na mudança organizacional.

E por que a mudança organizacional precisa de estratégia e ferramenta? Porque sem ferramenta os esforços de transformação fracassam. Uma cultura de gestão permite que ferramentas como a gestão por processos racionalizem o ato de como mudar, mostrando o hoje e para onde estamos mudando. Além disso, uma ferramenta também resulta em prevenção aos comportamentos divergentes.

Uma análise ponderada mostra que os ganhos significativos não estão nos números, na redução de custos, ou mesmo na satisfação de clientes externos, mas na credibilidade dada pelos clientes internos à mudança e aos canais de comunicação criados. A gestão por processos permite que o processo de mudança seja realizado pelo gestor, não imposta por uma área, ou através de um esforço isolado.

Esse aspecto é positivo porque gera uma expectativa para a utilização permanente da metodologia na revisão dos processos. O ambiente de aprendizagem, bem como a cultura organizacional, está preparado e é receptivo à continuidade para trabalhos futuros em outros processos. De fato, isso é a garantia do sucesso na empresa provocado pela engenharia de produção.

Se você se interessa por gestão de processos, vem pra UCS Bento cursar Engenharia de Produção. Aqui, nós garantimos o seu sucesso. E cursando nossas engenharias, você garantirá o sucesso da empresa em que atua.
 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.