A Formação Inicial de Professores para a Educação Básica

A concepção de educação para esse novo tempo pressupõe reconhecer a relevância social da escola na formação de sujeitos, comprometidos com a transformação social, com a justiça e o bem comum. Nesse sentido é preciso compreender a relação ensino e aprendizagem, na perspectiva da inovação pedagógica e o currículo enquanto um produto cultural. Nesse movimento, o olhar para o professor, enquanto profissional que atua na mediação dos processos educativos formais, é essencial. Logo, a formação do docente deve ser repensada, superando a concepção de professor transmissor de conteúdos, passiva e instrumental, para assumir o papel de intelectual transformador, crítico, pesquisador e reflexivo, com novas competências e habilidades para a docência num mundo em contínua transformação.
Desse modo, considerando a importância do papel do professor nesse processo, atendendo ao disposto no Parágrafo 1º do art. 9º e no art. 90 da Lei nº 9.394/96, a Resolução do CNE/CP Nº 2, de 20/12/19 definiu as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e instituiu a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). O Art. 2º da referida resolução estabelece que na formação docente se priorize o desenvolvimento de um conjunto de competências gerais, que reúnem as aprendizagens essenciais que envolvem os aspectos “intelectual, cultural, social e emocional de sua formação”. Ou seja, a formação inicial deve contemplar aos licenciandos o desenvolvimento das competências gerais dispostas em três dimensões complementares: I – conhecimento profissional; II – prática profissional; e III – engajamento profissional.
As competências para a dimensão do conhecimento profissional compreendem: dominar os objetos de conhecimento e saber como ensiná-los; demonstrar conhecimento sobre os estudantes e sua aprendizagem; reconhecer os contextos de vida dos estudantes e a estrutura e a governança dos sistemas educacionais. As competências específicas da dimensão da prática profissional são expressas através das ações: planejar as ações de ensino que resultem em efetivas aprendizagens; criar e saber gerir os ambientes de aprendizagem; avaliar o desenvolvimento do educando, a aprendizagem e o ensino e conduzir as práticas pedagógicas dos objetos do conhecimento, as competências e as habilidades. As competências da dimensão do engajamento profissional estabelecem um olhar para a formação e desenvolvimento profissional a partir de situações que mobilizem ao estudante a comprometer-se com o próprio desenvolvimento profissional e com a aprendizagem dos estudantes, a participar do Projeto Pedagógico da escola e da construção de valores democráticos e engajar-se, profissionalmente, com as famílias e com a comunidade. (CNE/CP Nº 2, de 20/12/19).
Assim, é fato a necessidade de as instituições formadoras de docentes reorganizarem os currículos e programas dos cursos de formação para a docência, à luz das novas competências e habilidades necessárias ao fazer pedagógico. O docente egresso das instituições formadoras que foi estimulado ao desenvolvimento das três dimensões de competências docentes em foco, reúne as condições de atuar para que a educação possa desempenhar o papel criador ou regenerador das políticas sociais ou culturais; papel que constitui a dimensão essencial da educação que assume, desta forma, uma parte ativa e necessária na criação de uma nova sociedade, através da construção de uma civilização mais solidária e justa. Este é o grande desafio para a educação neste novo milênio, impactado pela pandemia da COVID-19. E, nesse cenário, o professor assume papel de protagonista, o que remete à essencial contribuição dos Cursos de Formação Docente, em nível superior, para a Formação Inicial, bem como, na Formação Continuada, como meio para o aprimoramento contínuo e qualificado da prática pedagógica.
Logo, em tempos cada vez mais tecnológicos, em que a informação está facilmente ao alcance de todos, buscar uma formação qualificada é fundamental. Se você se interessa pela área da Educação, a UCS Bento tem diversas oportunidades de cursos e várias formas de ingresso. Faça como milhares de estudantes e venha para a UCS para uma formação profissional de excelência.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.