Abepan alerta para cuidado com os rios

A Associação Bento-gonçalvense de Proteção ao Ambiente Natural (Abepan) alerta aos moradores para que não joguem nada nos rios, sobretudo substâncias químicas. O alerta é motivado pelo recente caso de mortandade de peixes no distrito de São Pedro. As espécies que predominam nos rios da localidade são lambari, jundiá, traíra, piaba e cará.

Um dos fatores que contribuíram para o incidente foi a escassez de chuva. Com isso há pouca vazão, o que diminui o PH da água e provoca a mortandade”, explica o presidente da entidade, Luiz Signor. Segundo o setor de meteorologia da Embrapa, até ontem, choveu o equivalente a 59,4 milímetros. Para 20 dias, esta média é baixa. O esperado era que tivesse sido registrado uma média de 93 milímetros. Ou seja, até agora o volume de chuvas está 24% abaixo do esperado para o mês. A média de chuva prevista para os meses de janeiro na cidade é de 140 milímetros.

“Porém, também há suspeita de que haviam produtos químicos no rio, lançados por empresas do distrito”, acrescenta. Segundo Signor, as notificações já foram feitas. O setor de fiscalização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente esteve no local e recolheu amostras da água para a análise. O estudo apontará a presença ou não de substâncias tóxicas. Até o fechamento desta edição o resultado da análise ainda não havia sido divulgado.

Carina Furlanetto

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.