Após defeitos em obras de pavimentação no interior, prefeitura cobra providências de empresa contratada

A qualidade da pavimentação do trecho inicial da Linha Buratti, de aproximadamente 1,4 km, e da extensão de 2.342 m na estrada Joaquim Cantelli, no distrito de São Pedro, interior de Bento Gonçalves, vem sendo alvo de discussões em sessões na Câmara de Vereadores do município. Os vereadores Agostinho Petroli (MDB), Anderson Zanella (Progressistas), José Antônio Gava (PDT) e Rafael Pasqualotto (Progressistas), após apontamentos na Casa, visitaram o local para comprovar as condições do serviço. 

Na semana passada, a empresa contratada solicitou vistoria para entrega final das obras. Após a fiscalização do serviço, o diretor do IPURB Heitor Tártaro afirma que foram identificados diversos pontos que não estariam condizentes com o serviço contratado, o que fez com que os fiscais não aceitassem o recebimento das obras e, consequentemente, não realizassem o pagamento integral do valor. 

Com isso, Tártato relata que foi aberto um processo de inexecução contratual contra a empresa, “com relatório dos serviços executados/entregues, para que sejam tomadas as devidas providências”. Conforme o diretor do IPURB, o processo já se encontra no Departamento Jurídico da prefeitura, “Instituto que fiscaliza e acompanha as obras e andamentos administrativos e/ou judiciais, pois tem o fim de garantir a entrega da obra de maneira satisfatória e que permita seu pleno uso pela comunidade. Afinal, é pela comunidade e para a comunidade que as obras são executadas”, ressalta. 
 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.