Após reforma, Vico Barbieri passará a contar com “cachorródromo”

Na manhã desta segunda-feira, 17/01, a prefeitura iniciou a remoção dos brinquedos na praça, a fim de dar início à reforma

Imagens: Divulgação/Prefeitura de Bento

Na manhã desta segunda-feira, 17/01, moradores foram pegos de surpresa com a remoção dos brinquedos da praça Vico Barbieri, no centro de Bento Gonçalves. Nas redes sociais, a prefeitura explicou o motivo: “Calma que a notícia é boa. É necessária a retirada dos equipamentos por um tempo para realização da revitalização da praça “, escreveu o município. “É necessária a preparação do espaço, com retirada dos brinquedos para toda revitalização da praça. Por isso pedimos a compreensão de quem frequenta o espaço. Nossas equipes realizaram um estudo das necessidades para crianças e para esse espaço pet”, explica a diretora do IPURB, Melissa Bertoletti Gauer.

O local passará por uma reforma que contemplará a reformulação do espaço das crianças e a construção de um “cachorródromo” para os animais. O espaço cercado contará com diversos equipamentos e brinquedos para que os cães, acompanhados de seus tutores, também possam se divertir e gastar as energias no local.

A primeira etapa da revitalização, no valor de R$ 243.578,91, contará com piso emborrachado e novos brinquedos para crianças, como balanços, gangorras, casinha e outros. Já no cachorródromo haverá mini rampa, mini túnel, pneu, salto simples e outros, além de grama e totem informativo para os tutores. Conforme a prefeitura, não há prazo definido para o término das obras.

A ideia do cachorródromo foi proposta pelo vereador Ari Pelicioli (Cidadania) e aprovada na Câmara de Vereadores de Bento no ano passado. “Foi meu primeiro projeto como vereador”, recorda. Entre as justificativas do projeto criado pelo vereador, além da qualidade de vida aos humanos, está a importância dos exercícios físicos diários na vida dos animais, ampliando sua expectativa de vida. “Normalmente nos passeios os proprietários de cachorros levam presos na coleira e guia. No entanto, cães de estimação que vivem em apartamentos ou casas sem quintais também necessitam de espaço para correr livremente”, diz o projeto.

O cachorródromo também está previsto no Código de Proteção Municipal dos Animais, após emenda proposta por Pelicioli e aprovada juntamente ao projeto principal em dezembro do ano passado. O vereador ainda recorda que, de acordo com o projeto e a emenda do código, os cachorródromos poderão ser construídos em todas as praças do município no futuro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.