Bento abre edital para contratação de hospedagem de animais

Estabelecimento vencedor de licitação será responsável pelo acolhimento temporário de animais vítimas de maus-tratos no município

Foto: Reprodução

Um novo edital voltado à causa animal foi lançado nesta semana em Bento Gonçalves. Dessa vez, o objetivo é a contratação de um estabelecimento que disponibilize a hospedagem de cães e gatos vítimas de maus-tratos no município. O pregão será realizado no dia 22/03, às 13h30, no auditório da secretaria Municipal de Finanças, localizado na avenida Osvaldo Aranha, 1105, bairro Cidade Alta. O edital completo está disponível no site da prefeitura.

Os interessados em participar da licitação devem se dirigir à secretaria na data indicada com toda a documentação exigida no edital. A partir de então, os estabelecimentos entrarão em disputa do valor. Ganha quem obtiver o melhor valor apresentado no dia. “Feito isso, eles são classificados e passam a prestar o serviço para o município”, explica o secretário-adjunto de Saúde, Gilberto Junior.

A informação sobre o novo edital havia sido adiantada na noite de terça-feira, 08/03, durante reunião com as protetoras da causa animal. Além dele, está em fase de elaboração um edital para contratação de empresa para procedimento e exames veterinários.

Na hospedagem, devem estar incluídos nos serviços prestados a alimentação diária dos animais com rações de boa qualidade e a higienização das instalações, “devendo as empresas arcarem com os custos para aquisição dos materiais necessários”. No total, será disponibilizada hospedagem temporária para até dez cães e dez gatos, até que sejam encaminhados para um lar definitivo.

Ainda conforme o edital, “os estabelecimentos contratados deverão permitir a visitação de pessoas interessadas em realizar a adoção de algum animal que esteja abrigado”.

O encaminhamento dos animais à hospedagem será feita a partir de avaliação de um fiscal do Meio Ambiente, constatando os maus-tratos. “A solicitação de hospedagem e o transporte dos animais serão de responsabilidade de servidor designado pela Secretaria do Meio Ambiente para tanto”, especifica o documento. Também serão encaminhados para o local os animais considerados “bravios”, que possam causar riscos à comunidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.