Bento Gonçalves enfrenta cidade da Guatemala no Dia do Desafio 2016

Neste ano, no Dia do Desafio (DDD), Bento Gonçalves irá confrontar a cidade de Morales, na Guatemala. A competição saudável acontece no dia 25 de maio, com a proposta de fazer com que as pessoas interrompam suas atividades rotineiras e pratiquem, por pelo menos 15 minutos consecutivos, qualquer tipo de atividade física. O vencedor será aquele município que mobilizar a maior porcentagem de pessoas em relação ao número de habitantes. Nos dois últimos anos, Bento Gonçalves mobilizou cerca de 30 mil pessoas nas atividades desenvolvidas no DDD. Já Morales, em 2015, mobilizou apenas 1% da sua população, aproximadamente 1.250 pessoas.

Pelo quinto ano consecutivo, todas as cidades da abrangência do Sesc Bento Gonçalves participarão do Dia do Desafio:  André da Rocha, Bento Gonçalves, Cotiporã, Dois Lajeados, Fagundes Varela, Guabijú, Guaporé, Monte Belo do Sul, Nova Araçá, Nova Bassano, Nova Prata, Paraí, Protásio Alves, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Jorge, São Valentim do Sul, Serafina Corrêa, União da Serra, Veranópolis, Vila Flores e Vista Alegre do Prata. Todos os confrontos podem ser visualizados no link www.sesc-rs.com.br/diadodesafio.

As disputas foram definidas no dia 9 de maio, em São Paulo, por meio de sorteio, cujo critério é garantir que os adversários sejam municípios com número semelhante de habitantes. O vencedor será aquele município que mobilizar a maior porcentagem de pessoas. Mais informações podem ser obtidas no Sesc Bento Gonçalves (Av. Cândido Costa, 88) pelo telefone (54) 3452.6704 ou pela página www.facebook.com/sescbentogoncalves.

Move Brasil 
O Dia do Desafio é uma ação para o Move Brasil. O Move reforça o compromisso do Sesc com a promoção da saúde e da prática de atividades físicas e esportivas, duas de suas áreas prioritárias. A instituição planeja atividades que se multipliquem nacionalmente e beneficiem milhares de brasileiros. Dessa forma, oferece assistência médica por meio de ações destinadas ao diagnóstico e à prevenção de doenças, além de experiências esportivas como meio de lazer ou vivência de aprendizagem e aperfeiçoamento de uma modalidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.