Bento Gonçalves poderá ter Banco de Alimentos

Uma mobilização do Poder Público pode trazer a Bento Gonçalves o projeto Banco de Alimentos, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) sem fins lucrativos que possui unidades no Rio Grande do Sul. Formado por um grupo de empresas e instituições não-governamentais, o Banco interage como um gerenciador de arrecadação, recepção e distribuição de doações para entidades assistenciais cadastradas. Informações não confirmadas oficialmente dão conta de que o Banco poderia funcionar no bairro São Roque.

Almejando a implantação do Banco, o Prefeito Roberto Lunelli e o Secretário de Habitação e Assistência Social Roberto Locatelli, receberam nesta sexta-feira, dia 15, o presidente do Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul, Paulo Renê Bernhard.

Como funciona

O Banco de Alimentos recebe doações de empresas públicas ou privadas, escolas, universidades, supermercados, entre outros. Além de receber doações dessas entidades, arrecada alimentos através das seguintes campanhas: Clique Alimentos, Sábado Solidário, Inverno sem Fome, Super Natal Banco de Alimentos e Campanha do Quilo-Dia de Doação, cada uma delas obedecendo a características próprias. As empresas que atuam no ramo de alimentação também fazem a doação de excedentes alimentares. A distribuição é realizada através de um rigoroso plano de prioridades. O Banco de Alimentos possui cadastro das entidades assistenciais como creches, escolas, asilos, associações de bairros, as quais têm função social e idoneidade comprovadas. Hoje mais de 20 cidades do Rio Grande do Sul e uma unidade no Rio de Janeiro contam com o projeto.

As informações são da Prefeitura de Bento Gonçalves.

 

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.