Bolsa atleta contempla 39 praticantes de 13 modalidades em Bento

Nesta sexta-feira, 24/06, a secretaria de Esportes e Desenvolvimento Social (SEDES) de Bento Gonçalves entregou aos 39 atletas de 13 modalidades os convênios do programa Bolsa Atleta, que fornece incentivos financeiros aos praticantes de esportes.

O investimento, que totalizou R$ 150 mil, contemplou atletas do ciclismo, muay thai, jiu-jítsu, tiro esportivo, capoeira, pádel, boxe, powerlifting, fisiculturismo, levantamento de peso, taekwondo, tênis e ginástica.

De acordo com o secretário da pasta, Eduardo Virissimo, o Bolsa Atleta além de incentivar a prática esportiva no município também é uma forma de auxiliar na realização de sonhos. “É um instrumento que assegura, estimula e promove a continuidade dos talentos esportivos de Bento Gonçalves. Além disso, auxilia no desenvolvimento das diversas modalidades, oportunizando difundir a força esportiva do município. Esse auxílio foi importante há 20 anos, quando eu estava competindo por nossa cidade, como atleta, e seguiremos com o propósito de auxiliar no reconhecimento dos nossos atletas, assim como eu fui auxiliado um dia, e na concretização de sonhos”, disse emocionado.

Um dos contemplados, Rafael Licks pratica, há três anos, fisiculturismo, treinou por 10 anos no Powrlifting e há 12 anos faz musculação. Ele destacou a importância do aporte financeiro para sua rotina de treinos e competições. “Esse incentivo significa uma continuidade e evolução no esporte, principalmente na minha modalidade, que requer muito na dieta, com alimentos bem específicos, que requer uma dieta bem clean, com muita proteína, vegetais e legumes. Com o recurso conseguimos manter uma dieta equilibrada e também custear as viagens e competições”, relata.

Dentre atletas profissionais e com anos de trajetória, estão também as crianças, que, com incentivo da família, também são praticantes de esportes e já sonham alto. Esse é o caso do pequeno Gabriel Lazarotto, de 9 anos, e que desde os 6 anos é praticante de Jiu-jítsu. “Meu sonho é um dia lutar no UFC e me tornar um grande lutador”, resume. A mãe, Cláudia, que esteve ao seu lado o acompanhando, também comemora o apoio conquistado pelo filho. “A gente entende a importância do esporte para todas as áreas da vida dele, não só na luta que pratica, mas em todas atividades que realiza, em seu dia a dia. Com a verba pensamos até em levá-lo para participar do mundial em São Paulo em novembro. Com certeza é uma grande ajuda”, destaca.

Para o adolescente Andryo Patrick, de 17 anos, e que há sete faz jiu-jítsu o auxílio também contribuirá para o condicionamento e ele já faz planos para as próximas competições. “Esse benefício vem para ajudar na minha alimentação e ter um alto rendimento em competições. É um auxílio que ajuda muito para fortalecer e ter um alto desempenho no geral, nas viagens e treinos também. A minha rotina é bem regrada e tenho todo o cronograma certinho dos campeonatos. Agora o objetivo é participar de algum campeonato internacional entre esse ano e o próximo”, revela.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.