Bolsonaro e Braga Netto oficializam candidatura

Neste domingo, 24/07, em convenção partidária do Partido Liberal (PL), no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, foi oficializada a candidatura à reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O ex-ministro da Defesa Braga Netto completa a chapa como vice.

Bolsonaro chegou ao local por volta das 11h acompanhado da primeira-dama, Michelle, de Braga Netto e sua esposa. A cerimônia começou com uma oração do deputado federal e pastor Marco Feliciano (PL-SP). Em seguida, a primeira-dama discursou e cedeu a palavra a Bolsonaro, que falou por cerca de uma hora.

Além de apoiadores e membros do partido, marcaram presença no palco candidatos, parlamentares e aliados, como o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).  Entre os aliados que subiram ao palco estavam o presidente da Câmara, o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), candidato de Bolsonaro no estado; o ministro Marcelo Queiroga, da Saúde; Ciro Nogueira, da Casa Civil; Fábio Faria, das Comunicações; Anderson Torres, da Justiça e Segurança Pública; e Victor Godoy, da Educação. Também estiveram por lá o ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, que disputará o Governo de São Paulo; o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello; a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina; o advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef; e os deputados federais Hélio Lopes, Bia Kicis e Carla Zambelli.

Braga Netto, ex-ministro da Defesa e vice na chapa de Bolsonaro, esteve na primeira fileira no palco do evento do PL. “O vice é aquela pessoa que tem que estar ao seu lado nos momentos difíceis. Não pode ser aquela pessoa que conspire contra você. O vice é a solução para o problema e eu escolho, sim, um general do Exército brasileiro”, disse Bolsonaro. O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, não participou da cerimônia. Ele é candidato ao Senado pelo Rio Grande do Sul.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.