Brigada Militar realiza duas prisões em Bento

Um dos indivíduos já tinha mandado de prisão expedido e o outro cometia tráfico de entorpecentes

A tarde de terça-feira, 05/07, foi movimentada para as força de segurança de Bento Gonçalves. Por volta das 15h35, a Brigada Militar (BM) realizou a prisão de um homem de 37 anos no bairro Imigrante. Durante uma abordagem policial e consulta ao sistema, constatou-se que o individuo possui um mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul.

O homem foi encaminhado até a Delegacia de Polícia, onde houve registro do boletim de ocorrência (BO) e encaminhamento do mesmo para a Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves, ficando à disposição da Justiça.

A outra prisão aconteceu mais cedo, por volta das 13h45, e foi feita pela equipe da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM). O preso em questão é um homem de 19 anos e que estaria cometendo o crime de tráfico de entorpecentes. Durante patrulhamento rotineiro no bairro Borgo, a equipe avistou uma motocicleta cometendo infrações de trânsito. Ao ser sinalizada para parar, o condutor fugiu.

Após acompanhamento, a equipe conseguiu abordar o individuo que carregava uma sacola com 19 porções de maconha pesando cerca de 500 gramas. Além disso, foram apreendidos R$ 98 e um telefone celular. Ele foi levado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para o registro da ocorrência.

Garibaldi

A cidade vizinha de Bento Gonçalves, Garibaldi, também teve prisão na tarde de terça-feira, 05/07. Por volta das 15h30, um homem de 41 anos foi preso pela Brigada Militar durante patrulhamento cotidiano no bairro Jacarandá. Durante abordagem e consulta ao sistema, identificou-se um mandado de prisão para o homem, emitido pelo TJ-RS. Na revista ao indivíduo, foi apreendida uma tornozeleira eletrônica, a qual havia sido rompida. Após, ele foi encaminhado até a Delegacia de Polícia de Garibaldi para o registro da ocorrência e em seguida encaminhado à Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves, ficando à disposição da Justiça.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.