Cachorrinha salva após possível ritual em Farroupilha se recupera bem

Batizada de Hope (esperança em inglês), cadela passou por cirurgia e está sendo monitorada por profissionais do Departamento de Proteção Animal do município

Fotos: Divulgação

Esperança é o único sentimento que mantém em pé a força de quem ama e zela pelos animais. Esperança em dias melhores e na punição de responsáveis por crimes bárbaros contra seres inocentes que, sequer, têm voz. E foi com esse sentimento que a equipe do Departamento de Proteção Animal, da secretaria de Saúde de Farroupilha, abraçou o caso brutal de animais torturados e mortos em um possível ritual descoberto na sexta-feira, 01/04, no município. A cachorrinha resgatada no caso foi batizada de Hope (esperança em inglês), e tem apresentado melhoras significativas a cada novo dia.

Ainda na sexta-feira, o animal passou por cirurgia, devido ao rompimento de traqueia. Hope havia sido encontrada com um corte na região da garganta e com o focinho enrolado com uma fita isolante. Também estava bastante magra, fraca e assustada. “Agora ela está sendo monitorada de perto por duas veterinárias que atuam no departamento. Precisamos garantir que ela receba o cuidado necessário. Mas está bastante ativa e comendo bastante também”, conta a diretora-geral da secretaria de Saúde e responsável pelo Departamento de Proteção Animal, Arlene S. Lazzari.

Questionada sobre os próximos passos após a recuperação do animal, Arlene afirma que será necessário o acompanhamento psicológico de Hope. “Ela é uma cachorra bastante assustada. Então se acabar se sentindo ameaçada, ela reage e ataca. E também precisamos saber direitinho como é o comportamento dela com outros animais, por exemplo, antes de pensar em uma adoção”, explica.

O caso está sendo investigado pela delegacia de polícia de Farroupilha. Entretanto, de acordo com o delegado Éderson Bilhan, até o momento os suspeitos ainda não foram “totalmente identificados”. “A investigação já está bem avançada e esperamos conseguir identificar oficialmente os responsáveis já nos próximos dias”, afirma.

Relembre o caso

Na última sexta-feira, 01/04, após denúncias, uma equipe da secretaria de Saúde, acompanhada pela Brigada Militar, encontrou indícios de um possível ritual religioso no bairro Vicentina, próximo ao balneário Santa Rita. A cachorrinha Hope foi resgatada no local, com a garganta cortada e com uma fita isolante no focinho. Também foram localizados quatro filhotes de cachorro degolados e enterrados, possivelmente crias da cadelinha. Segundo Arlene, moradores teriam visto a cachorrinha ser retirada de um veículo na noite anterior, sendo levada para a mata.

“Havia pipocas e velas pretas. Sentimos a terra fofa. Como a cadela estava com as tetas cheias de leite, a gente logo suspeitou. Começamos a cavar e encontramos os corpos”, descreveu Arlene sobre o momento em que a equipe de proteção animal esteve no local.

A suspeita é que os filhotes tenham sido mortos na noite de quinta-feira, 31/03, mas a cachorra deveria estar com o focinho amarrado há dias, conforme avaliação veterinária. Ainda no local também foi encontrada uma folha com alguns nomes, o que poderá auxiliar na investigação policial.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.