Câmara aprova veto de projeto com vício de origem

Os vereadores aprovaram na tarde desta segunda-feira o veto ao projeto de lei que estabelecia até o quinto dia útil a data limite para que o município repasse o valor do auxílio-aluguel para os policiais em Bento Gonçalves. Mesmo com parecer contrário do jurídico por conter vício de origem, os vereadores aprovaram o projeto em primeira e segunda e terceira votações. O único voto contrário para a aprovação havia sido da vereadora Neilene Lunelli Cristofoli (PT) sob a justificativa de que a proposição não cabe aos vereadores, e sim ao Executivo. O veto do prefeito foi aprovado com três votos contrários: Elvio de Lima (PMDB), Ivar Castagnetti (PMDB) e Neri Mazzochin (DEM).

A polêmica em torno do repasse do auxílio-aluguel aos policiais tomou forma quando a prefeitura anunciou um apontamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre possível irregularidade no repasse.

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.