Cantor Ricky Martin recebe ordem de restrição por violência doméstica

Mesmo a polícia de Porto Rico confirmando a ordem, a assessoria do cantor afirma que as alegações são falsas

Foto: Vianney Le Caer/Invision/AP

O cantor e ator Ricky Martin foi alvo de uma ordem de restrição emitida pela Justiça de Porto Rico, país na América Central. Martin foi enquadrado na lei sobre violência doméstica do país, de acordo com informações da polícia local neste sábado, 02/07.

A agência Associated Press divulgou que a ordem foi assinada ainda na sexta-feira, 1º/07, e que as autoridades estiveram em um bairro de classe alta de Dorado, cidade onde Martin reside, para entregá-la, disse o porta-voz da polícia Axel Valencia.

A lei do país garante anonimato para a pessoa que fez a denúncia. Para a revista People, a assessoria do artista afirmou que “as alegações contra Ricky Martin são completamente falsas e fabricadas”.

Segundo o jornal porto-riquenho El Vocero, a ordem de prisão afirma que Martin e o/a denunciante tinham um relacionamento de sete meses e que há dois meses estava separados, mas sem o cantor aceitar o fim da relação.

Ainda de acordo com o veículo, Martin foi visto “vagando em torno de sua residência em pelo menos três ocasiões” e que a outra parte teme pela sua segurança.

Segundo o porta-voz da polícia, entre as restrições estão de que não pode haver tentativas de contato, seja presencial ou via ligação. Posteriormente, um juiz irá determinar se a ordem deve permanecer em vigor ou ser retirada. Normalmente, os pedidos valem por pelo menos um mês.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.