Carreta arrasta moto e leva motociclista pendurado por mais de 30km na BR-101

Na tarde de sábado (06/03), o condutor de uma carreta  arrastou uma moto por cerca de 32km na BR-101, próximo a Camboriú-SC. O motociclista ficou pendurado no espelho do veículo.

Por volta das 16h, o caminhoneiro teria colidido na traseira de uma Kawasaki Vulcan 900 e derrubado uma mulher que estava na carona da motocicleta, próximo ao km 107. Ele seguiu  sem prestar socorro à vítima. No entanto, o motociclista ficou pendurado no caminhão, segurando pelo retrovisor por 32km. Todo o trajeto foi feito com a moto presa na dianteira da carreta.

Ele, inclusive, teria colidido em outros veículos de passeio. Mesmo com os sinais e apelos de outros motoristas, o motorista seguiu sem parar.

Segundo relato do motociclista, ele desmaiou com o impacto e permaneceu na moto. Assim que recobrou a consciência, foi escalando o caminhão, até chegar na porta do condutor, que mesmo assim não parou.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) solicitou o apoio da Polícia Militar (PM) de Itapema-SC, para tentar abordar o caminhão, no Morro do Boi (km 139). No local, outro caminhoneiro conseguiu fazer veículo reduzir a velocidade e puxar a mangueira de ar dos freios, o que fez com que parasse completamente.

No momento da abordagem, alguns usuários da via acabaram agredindo o condutor, o que somente foi interrompido após a chegada das equipes da PM e PRF.

A passageira da motocicleta  ficou caída no local do acidente, em estado grave, devido a um trauma cranioencefálico. Ela foi socorrida pelo helicóptero Arcanjo e encaminhada para atendimento médico e permanece em estado grave.

O caminhoneiro fez o teste etilômetro e resultado foi 0.0 mg/l. Porém, o condutor foi encaminhado para Polícia Civil de Balneário Camboriú, por dirigir com capacidade psicomotora alterada. Foi indicado que o caminhoneiro estava dirigindo o veículo havia 28 horas.

Informações: Rádio Uirapuru

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.