Centro de Convivência Infantil será inaugurado no próximo sábado, no bairro Universitário

Um novo espaço para atendimento às crianças de Bento Gonçalves em situação de vulnerabilidade social será inaugurado pela prefeitura no próximo sábado, dia 14. O Centro de Convivência Infantil (CECI) dará início às suas atividades atendendo 30 crianças com idade entre quatro e cinco anos e funcionará no antigo prédio onde seria instalado o Lar das Meninas, no bairro Universitário. A cerimônia oficial de entrega para a comunidade acontece está marcada para as 9h.

O CECI atenderá a demanda dos bairros Universitário, Progresso, São Vendelino, São João, Maria Goretti e Borgo. A instituição permanecerá aberta das 7h às 13h, de segunda a sexta-feira, oferecendo atividades lúdicas, culturais e esportivas, permitindo as formas de expressão, interação, aprendizagem e sociabilidade.

O prédio, de cerca de mil metros quadrados, possui três pavimentos. Em dois deles estão distribuídas quatro salas de aula, quatro banheiros, biblioteca, brinquedoteca, refeitório, cozinha, além de sala de recepção, dois depósitos, área de serviço, secretaria e área de recreação externa. Um dos pavimentos é destinado à Central de Práticas Restaurativas.

O prefeito Guilherme Pasin explica que o CECI é uma conquista importante para comunidade. “Durante muito tempo, tinha-se a ideia de que a criança em situação de vulnerabilidade deveria ser retirada de casa. Hoje, sabemos que isso não é correto. Se o problema está nas relações familiares, devemos trabalhar essa relação. Se está na situação econômica, devemos criar mecanismos para geração de emprego e renda. As novas políticas trabalham o fortalecimento dos laços, e não o rompimento, o isolamento. Cidadania se constrói com reconhecimento de identidade, com participação, com inclusão”, ressalta.

A secretária municipal de Habitação e Assistência Social, Adriana Gabbardo, acrescenta que o espaço protetivo prezará a troca de vivências e experiências, fortalecendo o respeito, a solidariedade. “A equipe contará com educadores, que se encarregarão de desenvolver práticas de acolhimento, acompanhamento pedagógico, fortalecimento de vínculos, mobilização para cidadania. O CECI chega para fortalecer ainda mais a rede de atendimento às crianças do município”, comemora.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.