Com explosão de casos da COVID-19, farmácias registram falta de testes no litoral

Em Capão da Canoa, onde centenas de bento-gonçalvenses passaram o ano novo, foram recebidas 211 notificações de exames positivos desde o dia 23/12

Foto: Divulgação

Uma explosão de casos de gripe e COVID-19 no litoral do Rio Grande do Sul tem sido registrada nos últimos dias, principalmente em municípios como Capão da Canoa e Xangri-lá. De acordo com a prefeitura de Capão da Canoa, desde o dia 23/12 até a segunda-feira, 03/01, haviam sido notificados 211 exames positivos para a COVID-19 de pacientes vindos de fora do município. As infecções têm atigindo, em sua grande maioria, pessoas jovens.

O aumento de casos levou a falta de testes nas principais farmácias do litoral. A rede de farmácias São João, por exemplo, confirmou ao SERRANOSSA um aumento inesperado da procura por testes da COVID-19 entre sábado, 01/01, e segunda-feira, 03/01, em todo o litoral gaúcho. A farmácia afirma que a reposição é feita diariamente, mas que o aumento da demanda levou ao fim dos estoques em diversas lojas. “A gente aconselha que as pessoas liguem para as lojas antes de sair de casa, a fim de confirmar se há disponibilidade de testes naquele local”, recomenda o marketing da rede.

Um morador de Bento que esteve em Xangri-lá relatou ao SERRANOSSA que outras redes de farmácia também estava sem testes no litoral. “Decidi voltar para Bento ainda na segunda [03/01] para conseguir me testar”, comentou. O homem apresentava sintomas como tosse, dor no corpo e febre e procurou o plantão do Tacchini na madrugada desta terça-feira, 04/01.

Conforme o secretário adjunto de Saúde, Gilberto Júnior, dados da região apontam um leve aumento de pacientes com síndromes gripais nos últimos dias. Em Bento, de sábado, 01/01, até esta segunda-feira, 03/01, 24 novos casos foram confirmados. “Como em toda região, os casos que estão aparecendo são de pacientes com sintomas gripais, que não refletem em internações”, ressalta. Ainda não há confirmação da variante ômicron da COVID-19 no município.

Em relação à gripe H3N2, o secretário adjunto também afirma que Bento segue com apenas um caso confirmado. O paciente, homem, esteve internado em leito clínico e já recebeu alta. Outros seguem em análise.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.