Conta de água da Corsan vai ficar mais cara a partir da fatura de julho

A alteração no valor da conta de água é anual e varia de acordo com o órgão regulador que atende cada município

Foto: Corsan/Divulgação

Os 317 municípios de abrangência da Corsan terão reajuste na conta de água a partir do consumo de junho. Com isso, a tarifa do mês de julho será mais cara. Contudo, o percentual varia de acordo com o órgão regulador que atende cada município.

No caso das 275 cidades da região de cobertura da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs), o reajuste homologado foi de 3,4%, diante de um pedido de 3,57% da Corsan.


Já na Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (Agesan), que representa 32 cidades, foi homologado o percentual solicitado pela Corsan de 5,6%.

A alteração no valor da conta de água é anual. O reajuste é calculado a partir de índices econômicos, mais a variação da tarifa de energia elétrica, definida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).