Deputado Daniel Silveira coloca tornozeleira na sede da Polícia no DF

Na tarde desta quinta-feira, 31/03, após determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal Daniel Silveira (União Brasil-RJ) colocou a tornozeleira eletrônica na Superintedência da Polícia Federal. O parlamentar tinha o prazo até as 15h desta quinta-feira, sob pena de multa diária de R$ 15 mil.

Mais cedo o deputado tentou determinar o horário da colocação para às 8h, na Câmara dos Deputados. No entanto, a última determinação do STF já deixava claro que Silveira não poderia realizar essa marcação, que ficaria a cargo do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL).

Silveira esteve na Câmara dos Deputados às 8h20 e saiu para participar da cerimônia de troca de ministros no Palácio do Planalto. Na cerimônia, o presidente Jair Bolsonaro saiu em sua defesa e criticou ministros da Suprema Corte. Segundo deputados da base aliada, o parlamentar saiu do local porque a Polícia Federal não apareceu.


A nova decisão de Moraes oficia a Superintendência Regional da Polícia Federal no Distrito Federal e o Secretário de Estado de Administração Penitenciária do DF para “imediato cumprimento dessa decisão”.