Deputados aprovam cassação do mandato de Ruy Irigaray

Na tarde desta terça-feira, 22/03, a Assembleia Legislativa gaúcha aprovou, com 45 votos favoráveis e 3 contrários, a cassação do mandato do deputado Ruy Irigaray (União Brasil). Ele é acusado de quebra de decoro por irregularidades no uso de funcionários de seu gabinete. Ele foi o primeiro parlamentar a ser cassado por seus colegas nesta legislatura e o terceiro na história da Casa, já que na legislatura anterior perderam o mandato Dr. Basegio (PDT), em 2015, e Mario Jardel (PSD), em 2016. 

Como prometido pelo deputado, as galerias estavam cheias de apoiadores que se manifestavam entre uma fala e outra. Além das assessoras que fizeram a denúncia contra deputado. Irigaray foi o primeiro a falar na tribuna. Ele acusou o inquérito de ser uma “guerra política”, travada pelo deputado federal Bibo Nunes (PL) contra ele.

O parlamentar foi acusado por ex-assessoras de utilizar funcionários de cargos comissionados (CCs) fora das funções a que haviam sido contratados; pela prática de “rachadinha”; e pelo uso de perfis para disseminação de conteúdos falsos sobre os opositores. A subcomissão da Comissão de Ética considerou procedente o desvio de função dos servidores, mas descartou as outras duas acusações por falta de provas suficientes.

Eleito pela primeira vez em 2018, pelo então PSL, Ruy foi o segundo mais votado recebendo mais de 102 mil votos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.