Desafio é ter 20% de coleta e tratamento em 2011

De acordo com o Plano Municipal de Saneamento, elaborada na metade de 2009, até o final de 2011 Bento Gonçalves deve ter 20% da cidade abrangida pela rede de coleta e tratamento de esgoto. O desafio é grande, já que hoje há 0% de esgoto tratado e as obras nas bacias do Barracão e Burati ainda não iniciaram.

De acordo com o secretário de Gestão Integrada e Mobilidade Urbana, Heber Moacir dos Santos, que também é presidente do Conselho Deliberativo do Fundo de Gestão Compartilhada – composto por membros da administração municipal e Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) – a primeira parte das obras de esgotamento sanitário envolverá a bacia do Barracão. “A licitação para as redes coletoras e Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) deve ser aberta nos próximos meses”, salienta.

Entre as metas para 2011 do Conselho do Fundo estão a criação do marco regulatório e a conclusão do Plano Municipal de Saneamento por meio da elaboração do Plano de Drenagem Urbano e o Plano de Resíduos Sólidos.

 

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.