Detentos ameaçam incendiar presídio de Bento Gonçalves

Uma tentativa de rebelião dos apenados quase acaba em incêndio no Presídio Estadual de Bento Gonçalves. Um grupo de detentos da cela do castigo se revoltou e ameaçou tocar fogo na biblioteca, além de incitar os demais presos a tocarem fogo nos colchões da penitenciária. Felizmente, a situação foi controlada pelos agentes penitenciários e policiais da Brigada Militar.

De acordo com o registro policial, o incidente ocorreu por volta das 7h40min de sexta-feira, dia 5. Um agente penitenciário realizava a conferência na cela 5A, chamada de cela do castigo, quando um dos detentos jogou uma panela com fogo em sua direção e os demais informaram que não voltariam para o interior do cárcere. Foi constatado que havia fogo no interior da cela, rapidamente controlado com o auxílio de extintores.

Depois de controlado o fogo, os agentes acionaram a guarda externa e a administração da Casa Prisional. Parte dos presos passaram a incitar os demais para colocar fogo no presídio como um todo, gritando para eles tocarem fogo nos colchões. Um dos detentos estava com um isqueiro e ameaçou colocar fogo nos livros da biblioteca. Ele ainda chutou duas portas, que foram danificadas.

Logo em seguida, os policiais conseguiram negociar com os presos o retorno para dentro das celas, evitando que o pior acontecesse. Com relação ao incêndio na cela, não foi possível a identificação do autor do crime. Na cela 5A estão 13 presos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.