Direção se manifesta sobre morte de mulher em festa de Bento

Conforme direção do local onde foi organizado o evento, mulher de 55 anos teria sido levada a um local isolado após passar mal e festa teria continuado por recomendação da própria família

A morte de uma mulher durante uma festa no último sábado, 26/03, em Bento Gonçalves, foi noticiada por veículos de comunicação local nesta semana. Conforme as reportagens, testemunhas teriam relatado que o corpo da vítima teria ficado exposto no salão aonde acontecia o evento, que não teria sido interrompido diante do fato.

Conforme a direção do local onde foi realizada a festa, no bairro Cruzeiro, a mulher de 55 anos teria passado mal durante o evento, sendo encaminhada, com vida, até o hall de entrada do espaço. O SAMU teria sido acionado, mas ao chegar no local, a mulher já havia entrado em óbito. “O local, que estava alugado, foi isolado, a bilheteria fechada, as portas de entrada também foram fechadas e a vítima não ficou exposta como foi noticiado pela imprensa local”, afirmou a direção, em nota ao SERRANOSSA.

A causa da morte teria sido um mal súbito. Segundo relato de familiares à direção do espaço, a vítima teria passado por um procedimento cirúrgico há poucos dias, mas não foi confirmado se o fato teve relação com o óbito.

Após a confirmação da morte, os organizadores do evento teriam acionado a polícia e o Instituto Médico Legal. “Ela não ficou estirada no meio do salão. O local aonde ela estava foi isolado com cortinas”, relatou a direção. “Foram fechadas as portas de entrada principal e aberto um acesso secundário para as demais pessoas que estavam no evento”, complementou, ainda na nota.

Também segundo a direção do espaço, a família esteve ao lado da vítima durante todo o tempo, oferecendo apoio e resolvendo questões burocráticas. “Os familiares pediram para não suspender o evento, pois nada traria a senhora de volta à vida e ela adorava dançar”, informaram.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.