Dois mestrados da UCS completam 10 anos

A Universidade de Caxias do Sul mantém programas institucionais de pós-graduação stricto sensu (mestrados e doutorados), autorizados pela Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), através dos quais a instituição reafirma seu compromisso  permanente  com a formação avançada de recursos humanos e consolida sua missão  institucional. Dentro deste contexto, 2011 é importante para dois  mestrados, o de Turismo e o de Direito, que estão completando 10 anos.

Desde sua implantação, o mestrado em Turismo já formou 111  profissionais, sempre buscando ampliar a reflexão sobre as relações que o turismo estabelece com as múltiplas áreas do conhecimento, principalmente na região da Serra. Isso ficou ainda mais evidente  durante a realização do VI Seminário de Turismo do Mercosul, promovido pelo mestrado em 2010 e cujo subtítulo foi “Saberes e Fazeres no Turismo: Interfaces”.

Conforme a coordenadora, professora Márcia Cappellano dos Santos, cada  vez mais deve-se aprofundar as discussões e ter contato com as “boas práticas em turismo”, tanto no país quanto no âmbito do Mercosul. “Todas essas abordagens vêm ao encontro dos novos desafios postos permanentemente ao ensino e à pesquisa em turismo. É fundamental darmos subsídios para o futuro profissional compreender a complexidade do fenômeno turístico, suas especificidades, relações e interfaces, potencializando sua atuação frente aos novos desafios”, avalia.

Já o mestrado em Direito formou 171 profissionais entre advogados, promotores, juízes e  funcionários públicos. Segundo o coordenador, professor Sérgio Augustin, passados 10 anos, o  mestrado está consolidado. “Prova disso é o interesse cada vez maior por parte de profissionais do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Bahia, São Paulo e agora estrangeiros”, comenta, referindo-se ao aluno peruano Ricardo Antonio Serrano Osorio, 25 anos, que ingressa como aluno especial e que escolheu a UCS por causa das linhas de pesquisa que o mestrado segue (Direito Ambiental e Novos Direitos e Direito Ambiental, Trabalho e Desenvolvimento). O curso busca formar profissionais, sobretudo docentes, capazes de investigar, analisar, avaliar criticamente e ensinar diferentes disciplinas teóricas e dogmáticas do Direito. Também forma profissionais que sejam capazes de compreender as implicações políticas, sociais e econômicas do direito ambiental.

 

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.