Em Bento, 67 profissionais de saúde estão afastados por conta da Covid-19

Ao contrário de outras cidades da região, que sofrem com a falta de profissionais, a cidade ainda não registra grande número de infectados pelo vírus na área da saúde.

O número de infectados pela Covid em todo o país vem crescendo a cada dia. A mais nova variante em circulação, a Ômicron, tem preocupado especialmente por conta das consequências no sistema de saúde: muitos profissionais têm sido infectados, o que vem gerando demora no atendimento e até fechamento de postos de saúde.

Em Bento, porém, a situação ainda é tranquila. De acordo com informação do Hospital Tacchini, dos mais de 2000 funcionários, apenas 59 estão afastados por conta da Covid-19. Na rede pública, o número é bem menor: apenas 8.

O número de casos na população, porém, vem aumentando dia após dia. De acordo com a prefeitura, do dia 03 a 12 de janeiro foram realizados 1344 testes e, destes, 377 foram positivos. Para tentar evitar a contaminação, a cidade vem ampliando os locais e horários de testagem, a fim de isolar quem positivar. A partir da próxima segunda-feira, 17/01, além do ambulatório fast-track serão utilizadas as unidades sentinelas nos bairros Cohab, Municipal, Ouro Verde e Santa Helena para atendimento e testagem. Nos locais será realizado o atendimento de pessoas com sintomas como tosse, gripe, febre, dor de garganta, coriza e outros. Em virtude disso, a agenda de consultas nas unidades será postergada. Para atendimentos é necessário procurar a unidade mais próxima, emergências e urgências a UPA (Botafogo), ou PA Zona Norte (São Roque).

Somente nesta semana passaram pelo ambulatório fast-track e UPA 3.200 mil pessoas, sendo o maior número na quarta-feira, 12/01, quando foram registradas cerca de 900 atendimentos. “Nas últimas semanas foram registrados muitos atendimentos de pessoas com sintomas gripais no ambulatório fast-track, o que tem como consequência um tempo maior de espera, e para reduzir esse número vamos descentralizar o serviço e possibilitar o atendimento e testagem em mais unidades de saúde e regiões da cidade”, destaca a Secretária de Saúde, Tatiane Misturini Fiorio.

Pacientes assintomáticos devem continuar procurando a unidade móvel no PA Zona Norte (das 8h às 11h) e a Unidade do Eucaliptos (das 13h30 às 16h30).

É necessário apresentar a carteira de vacinação ou o certificado digital de vacinação nos atendimentos, pois conforme norma técnica da Secretaria Estadual da Saúde o tempo de isolamento varia para imunizados e não imunizados.

Pacientes com sintomas gripais podem procurar para atendimento e testagem as unidades:

Horário: 7:30 às 11:30 e das 13h às 17h.

•  ESF Cohab- Rua Joana Guindani Tonello, 243

•  ESF Ouro Verde- R. Antônio Dala Coleta, 32

•  ESF Municipal- Rua Valdelirio Guerreiro Vaz

•  ESF Santa Helena- Rua Pedro Koff, 634

•  Ambulatório fast-track – 24h

Assintomáticos

-PA Zona Norte (Unidade Móvel): horário das 8h às 11h

-UBS Eucaliptos: horário das 13h30 às 16h30. Sala de testagem no térreo da unidade na rua Carlos Dreher Neto, número 664.

Receitas médicas

Pacientes que fazem uso de medicamento de uso contínuo, desde que não sejam controlados, serão prorrogadas por 30 dias.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.