Empoderamento feminino é tema de encontro

Há algumas décadas, as mulheres não se sentavam junto aos familiares para as refeições. Após servir os homens, elas comiam sozinhas em pé, geralmente em um canto afastado da cozinha. A mudança desse quadro para o atual, em que as mulheres assumem, cada vez mais, cargos de liderança, dá nome à palestra “Na cabeceira da mesa”, que busca enfatizar as conquistas e a valorização feminina. 

A jornalista Marciele Bertoldi Scarton, que ministra a palestra, conta que a ideia para sua criação surgiu a partir das entrevistas que coletou para o livro “Mulheres do Interior”, do qual foi coautora, junto a Fernanda Tomasi, em 2013. “A elaboração do livro possibilitou um grande aprendizado com as histórias dessas personagens. Perceber o que foi conquistado a partir de então me fez querer motivar as mulheres da atualidade”, afirma. 

Antigamente, era preciso travar batalhas para questões que hoje são mais naturais, pois a desigualdade de direitos era ainda mais forte. Para traçar o paralelo entre as épocas, Marciele aborda algumas das conquistas femininas, que vão do direito de desejar e agir conforme suas vontades, ao direito de encontrar o equilíbrio, passando pelo direito à independência, sendo protagonistas no mercado de trabalho. 

A apresentação também aborda a praticidade da vida moderna, a vaidade e o direito de praticar a sua espiritualidade sem imposições. “O objetivo é que a plateia reflita sobre a importância de uma série de mudanças que foram alcançadas e que fazem parte da vida das mulheres nos últimos cem anos, aspectos hoje tão incorporados em nossa rotina, que deixamos de dar a eles o devido valor”, analisa a jornalista, que vê na valorização e prática das pequenas coisas a chave para minimizar sentimentos negativos, como ansiedade, angústia e insatisfação. 

A palestra levou mais de um ano para ser elaborada. A metodologia de oradores consagrados nacionalmente, como Roberto Shinyashiki, foi estudada para envolver as participantes. Mais de 50 mulheres foram entrevistadas para a elaboração dos vídeos apresentados nos encontros, nos quais as mulheres do interior relatam suas histórias de antigamente e personagens contemporâneas expressam temas da atualidade. 

Segundo Marciele, o resultado tem sido bastante positivo nos eventos já realizados. “Queremos motivar e inspirar as mulheres a valorizarem suas conquistas para que tenham uma vida mais feliz”, conclui.

Serviço

O quê: Palestra “Na cabeceira da mesa”
Quando: quinta-feira, dia 19, às 19h30
Onde: Teatro do Sesc de Bento Gonçalves
Quanto: ingressos a R$ 10 para comerciários e dependentes com Cartão Sesc/Senac, estudantes e idosos; R$ 15 para empresários e dependentes com Cartão Sesc/Senac; e R$ 20 para o público em geral
Mais informações pelo telefone (54) 3452 6103

Foto: divulgação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.