Empresário Emyr Farina morre aos 98 anos

Membro do conselho superior do CIC, ex-presidente da entidade e fundador do Centro da Indústria Fabril (CIF) e do Simmme, Farina deixa grande legado a Bento Gonçalves

Bento Gonçalves perdeu na noite de quinta-feira, 21/04, o empresário Emyr Farina, aos 98 anos. A sua despedida está sendo realizada na sala A, das Capelas São José. O sepultamento ocorre a partir das 16h30 desta sexta-feira, 22/04, no Cemitério Municipal Central.

Emyr Farina teve relevantes contribuições para o desenvolvimento de Bento Gonçalves. Foi um grande entusiasta da capacidade industrial da cidade, sendo um dos articuladores e primeiro presidente do Centro da Indústria Fabril (CIF), em 1962. A entidade cumpria, assim, um papel de protagonismo na consolidação que se iniciava à época de uma Bento Gonçalves como polo moveleiro e vitícola. Vem desse período o lema da organização, criado também por Farina: “O capital e o trabalho devem caminhar lado a lado, movidos pelo mesmo entusiasmo e por igual fé”. Desde sua criação, o CIF passou a cooperar com a já existente Associação Comercial, fundada em 1914 e embrião do CIC-BG. Em 1981, ambas se uniram, estabelecendo o surgimento da entidade com seu atual nome. Emy Farina também foi um dos fundados Sindicato do Indústrias Metalúrgicas, Metalmecânicas e de Materiais Elétricos de Bento Gonçalves (Simmme). Atualmente, o empresário era membro do Conselho Superior do Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) e também presidiu a entidade entre 1962 e 1965.

A presidente do CIC, Marijane Paese, manifestou pesar pelo falecimento do empresário e admiração pelo legado do “grande empreendedor”. A Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves também lamentou o falecimento de Emyr Farina, que é pai da 2ª Vice-presidente da entidade, Valéria Farina, a quem a Liga prestou solidariedade.  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.