Escolha o papel de parede ideal para o seu escritório

Desde um ar mais profissional a um ambiente acolhedor, o papel de parede tem o poder de transformar completamente o visual de um escritório. A opção é uma excelente alternativa para renovar uma parede que precisa de reparos ou dar o estilo dos frequentadores ao ambiente.

Com uma vida profissional que invade cada vez mais os ambientes residenciais, é necessário reservar um espaço especial da casa para as atividades do trabalho. Para isso, nada melhor do que garantir conforto e beleza à sua rotina com cores e texturas adequadas. Essa premissa também se aplica aos espaços projetados especialmente para as atividades profissionais, cada vez mais modernos e adaptados aos segmentos que atendem.

Antes de buscar o papel de parede ideal para seu escritório, é importante saber que a escolha depende do tipo e do tamanho do espaço, além do efeito que se pretende obter ao frequentar o local. Em escritórios individuais, por exemplo, a funcionalidade é a palavra de ordem. No entanto, é perfeitamente possível também criar um ambiente personalizado, confortável e motivador. Além disso, a orientação de um bom profissional também faz a diferença.

Temática

Pensando em imprimir uma identidade com base em memórias, as cores e estilos do papel de parede para escritório podem ser grandes aliados. Um modelo com padrão escandinavo – minimalista e de cor neutra –, por exemplo, pode recordar férias inesquecíveis na Suécia. Ou relembrar os bons momentos para quem tem os esportes náuticos como hobby com o uso de padrões marítimos com branco e azul. Enfim, os espaços decorados com papéis de parede que contam histórias tornam a rotina agradável, aumentando a motivação no ambiente de trabalho.

Além da temática, outro fator importante na escolha da decoração de um escritório é considerar o nível de ruído em espaços mais abertos. Nesses casos, a solução pode estar em divisórias decoradas com papel de parede com um padrão atrativo, promovendo uma absorção sonora ao mesmo tempo em que contribuem para a decoração do espaço. Além disso, é possível usar esse recurso para criar divisões em várias áreas do escritório.

E as temáticas podem acompanhar o tipo de atividade a ser realizada no espaço, como papel de parede com vários números no departamento financeiro, enquanto um modelo moderno e opulento pode ser uma boa escolha em ambientes de vendas, e um papel de parede vintage original pode servir de inspiração ao departamento de marketing.

Já em espaços de trabalho colaborativos, o design da parede é o mesmo em todo o escritório, pois normalmente não existem divisórias. Desse modo, a decoração deve ser agradável tanto para as pessoas que trabalham no espaço quanto para quem chega ao local.  Para criar um ambiente o mais neutro possível e evitar um design demasiado específico, o estilo moderno/loft é uma boa escolha. Também são ótimas opções os modelos de papel de parede imitação de concreto, imitação de tijolo ou madeira.

Segurança

Quando se trata de conforto acústico e de proteção contra incêndio em escritórios, o papel de parede oferece mais vantagens do que a pintura. Diferentemente de uma parede pintada, vários materiais de papel de parede, como é o caso dos modelos TNT, têxteis e com fibras naturais, e mesmo os vinílicos, garantem a absorção sonora e, adicionalmente, promovem um nível de isolamento térmico, que pode ajudar a reduzir custos com climatização. Já em matéria de segurança contra incêndio, há no mercado uma ampla variedade de modelos em conformidade com as normas de segurança dos países, apresentando o rótulo de “baixa inflamabilidade” no certificado do fabricante. Esses são muitas vezes modelos TNT robustos que oferecem uma infinidade de opções para decorar escritórios.

Cores

Com grande impacto na motivação, no desempenho e na comunicação no ambiente de trabalho, o sistema de cores usado na decoração de escritórios pertence ao âmbito da chamada “ergonomia”. Esse sistema baseia-se na teoria das cores e nos efeitos da psicologia das cores, que indicam fatores como otimização de espaço, condições de luz e orientação profissional. Enquanto a teoria das cores analisa a percepção de cores, os sistemas de cores diferentes, o círculo de cores e a harmonia de cores, a psicologia das cores se dedica ao efeito que as cores exercem no nosso corpo e na nossa mente.

Pesquisas revelam que as cores bem empregadas no ambiente de trabalho podem proporcionar:

– Maior produtividade, desempenho e concentração

– Melhor percepção e processamento de informações

– Atitude positiva no trabalho, bom humor

– Habilidades de comunicação aprimoradas

– Mais entusiasmo, mais motivação

– Menos erros ou cansaço

– Redução de estresse

– Maior sensação de bem-estar, menos ausências por doença / menos instabilidade

– Maior equilíbrio face aos estressores ambientais (ruído, cheiro, temperatura)

– Melhor relaxamento e recuperação

Em geral, as cores claras e os tons pastel são as melhores opções para não errar, sendo importante evitar tons muito gritantes, bem como cores muito escuras ou um branco com brilho em excesso. Outra dica é apenas um toque de uma cor motivadora para estimular a criatividade, o que pode ser feito por meio de uma parede destaque, por exemplo.  

Além de ser estimulante, promover a atividade, a comunicação e a criatividade, a cor vermelha ajuda a potencializar a autoconfiança e a determinação. Quando usada de forma moderada e com nuances mais claras, pode ser ideal para locais onde há trabalho em equipe ou onde as negociações acontecem. Já as cores suaves e neutras proporcionam o contraste perfeito.

Para um ambiente acolhedor nas áreas de recepção, a solução pode ser a combinação do vermelho pêssego e o cinza pouco saturado. Já a cor amarela tem um efeito muito estimulante, reforçando o entusiasmo e o otimismo. Além disso, favorece o bom humor e proporciona harmonia e equilíbrio. Em espaços que exigem concentração e foco mental, o amarelo-limão é uma boa opção. Porém, é importante destacar que em locais onde se trabalha com computador a parede em amarelo deve ficar fora da área de visão para evitar que se force a retina.

Convívio e sociabilidade são estimulados em ambientes com a cor laranja, ideais para locais onde os clientes são recebidos, bem como em salas de reuniões e espaços de negociações. Mas se a ideia é um espaço relaxante, onde é necessário ter muita concentração, a cor azul é a melhor pedida. Para dar um toque de criatividade, a cor verde é fresca e apela ao crescimento e à renovação. As opções ideais são os tons claros de verde ou as combinações com azul.

Conheça os designs mais recomendados pelos especialistas:

 Geométrico

Foto: Tobbe laranja

Círculos, quadrados, retângulos, triângulos, em forma de diamante – em termos de padrão, essas formas geométricas podem ser usadas separadamente ou em uma infinidade de combinações. Cada elemento tem sua própria dinâmica, as formas conferem uma sensação de familiaridade e estão sempre presentes. Os desenhos geométricos oferecem clareza, orientação, ordem; eles estimulam a mente e apelam ao infinito. Os padrões geométricos promovem um pensamento claro e ideias criativas, eles nos ajudam a encontrar soluções e podem nos proporcionar momentos de relaxamento.

 

Moderno

Foto: Zania branco acinzentado

Os modelos de papel de parede modernos não se prendem a nenhum material, padrão ou característica específica. Eles simplesmente representam o que está atualmente em voga no mundo das artes, da moda, da arquitetura, do design de interiores e no que diz respeito ao estilo de vida. As cores se inspiram de tendências ou refletem experiências. Os modelos de papel de parede modernos oferecem sempre uma característica singular e agradável. Em escritórios e em salas de reunião ou de conferência, eles fomentam ideias inovadoras e orientadas para o futuro, mentalidades pouco convencionais, a coragem de pensar grande e de desenvolver soluções novas e criativas.

 

Vintage

Foto: Triton laranja

Os designs vintage despertam memórias e oferecem um vislumbre da história de uma empresa. A criatividade de um negócio se baseia em experiências passadas com foco no futuro. O conhecimento é a base da inovação. O papel de parede vintage estimula a imaginação e recarrega as energias. Seja nos anos 60 com o movimento Flower Power ou nos anos 70 com a Era Espacial: encontre inspiração no espírito pioneiro e visionário de cada época.

 

Minimalista

Foto: Ginkgo cinza ágata

Menos é mais. Este lema se aplica na perfeição aos designs minimalistas. Eles são caracterizados por elementos singulares e similares ou por elementos de padrão que combinam entre si, seguindo muitas vezes uma simetria clara. As cores são geralmente ajustadas ou apresentam um contraste claro / escuro. Muitas vezes, o uso de superfícies e de materiais atrativos é suficiente. Estes modelos de papel de parede lindos e discretos são a opção ideal para decorar escritórios contemporâneos e elegantes.

 

Excepcional

Foto: Ostara amarelo areia

Muitas empresas querem se diferenciar do mainstream para evitar conceitos banalizados e, acima de tudo, para se destacar da concorrência. O que eles estão procurando é uma decoração de parede tão única e singular quanto o próprio negócio. Os padrões originais, as cores extravagantes ou certos materiais de superfície específicos conferem exclusividade. Os escritórios aos quais os clientes têm acesso, ou as salas de reunião e de conferência podem ser decorados com esse fim em mente de forma a criar o cenário perfeito para potenciar a comunicação e os negócios. A extravagância chama atenção e fica na memória.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.