Estado começa dezembro sem Alertas ou Avisos para a COVID-19

No dia 10/11 o Estado havia emitido um Alerta para a região Covid de Pelotas, o qual foi retirado na quarta-feira, 01/12

Após reunião do Gabinete de Crise nesta quarta-feira, 01/12, o governo do Estado não emitiu Avisos nem Alertas para as 21 regiões COVID-19 na primeira semana de dezembro. A reunião foi coordenada pelo governador Eduardo Leite.

Em 10 de novembro, o governo do Estado emitiu um Alerta para a região Covid de Pelotas (R21), que foi retirado nesta quarta, 01/12. O principal motivo que levou à emissão do Alerta, no início de novembro, foi a baixa procura pela dose de reforço da vacina contra a COVID-19 entre os idosos com 70 anos ou mais.


O Gabinete de Crise observou, no entanto, que desde a emissão do Alerta, Pelotas foi a região que apresentou o maior avanço da vacinação na faixa etária, passando de 27,5% para 51,5%. Com isso, houve uma aproximação ao nível estadual, atualmente em 63,5%, embora a região mantenha na última colocação quando consideradas todas as regiões. Isso mostra que ainda é preciso persistir no esforço de avançar na vacinação.

A região também reduziu a incidência semanal de casos confirmados em 30% (de 130 casos por 100 mil habitantes para 91), e o de hospitalizações, em mais de 70% (de 8,2 internações por 100 mil habitantes para 2,4).

O número de internados por Covid-19, suspeitos e confirmados, passou de 94 no dia 3 de novembro para 45, redução de 52%. Por fim, o número de internados pela doença em UTI também se reduziu de 49, no dia 15/11, para 31.