Estelionatários fazem vítimas em Bento por meio do Instagram

Ao conseguir o acesso da conta da vítima no Instagram, criminosos passam a divulgar uma série de eletrônicos e eletrodomésticos com preços abaixo do mercado, a fim de que os seguidores das vítimas realizem pix ou depósitos para adquirir produtos falsos

Imagens: Divulgação

Nas últimas 24 horas, pelo menos três pessoas registraram ocorrência de golpe por meio da rede social Instagram em Bento Gonçalves. Em todos os casos, os criminosos obtiveram o acesso da conta das vítimas e passaram a anunciar uma série de eletrônicos e eletrodomésticos com preços abaixo daqueles do mercado. O objetivo dos estelionatários é enganar os seguidores das vítimas para que façam pix ou depósitos para adquirir os produtos falsos.

Em um dos casos, um jovem de 24 anos relatou em boletim de ocorrência que visualizou no Instagram de uma conhecida o anúncio de um Iphone 11 por R$ 2.200. Por conhecer e confiar na pessoa, o jovem decidiu entrar em contato para comprar o aparelho. A pessoa, então, lhe passou um terceiro contato, que seria do proprietário do eletrônico. Depois da conversa, o jovem realizou o pix de R$ 1.200 como entrada pelo celular. Entretanto, após o pagamento, o número que a vítima estava em contato teria o bloqueado, o que o fez contatar, novamente, sua conhecida no Instagram.

Na sequência, a suposta conhecida teria enviado um link para o jovem por SMS, solicitando que o jovem lhe enviasse o número que recebesse. Depois de ter feito isso, o jovem recebeu uma mensagem que alguém de São Paulo estaria tentando entrar em seu Instagram. Entretanto, ao tentar redefinir a senha, a vítima perdeu o acesso da conta.
Em contato com pessoas conhecidas, foi relatado à vítima que o mesmo anúncio do celular também estaria aparecendo em seus stories do Instagram, na conta hackeada.

O mesmo aconteceu com outro morador de Bento no início da semana, o qual também relatou ter clicando em um link que recebeu por mensagem. “Só fiquei sabendo do golpe quando estava no trabalho e passei a receber várias mensagens de pessoas dizendo que estavam postando vários eletrodomésticos e eletrônicos com preços acessíveis”, relata. “Então tentei entrar na minha conta e já não conseguia mais, porque mudaram minha senha e também meu e-mail”, continua.

A vítima também registrou o fato na delegacia do município e afirma que está tentando avisar o máximo de pessoas possíveis para que não caiam no golpe. “Isso é muito ruim porque, além de ter tua imagem vinculada a estelionatários, as pessoas acabam caindo facilmente no golpe porque te conhecem e confiam em ti. Várias pessoas me contataram pelo WhatsApp já inclinadas a fazer o PIX. Imagino quantas tenham caído no golpe sem eu ficar sabendo”, lamenta.

Além disso, a vítima ressalta a importância das pessoas denunciarem as contas hackeadas para que o Instagram possa as tirar do ar. Para isso, as pessoas devem acessar a conta invadida pelos criminosos e clicar nos três pontos ao lado do nome do usuário, na parte de cima da tela. Essa função irá direcionar a pessoa para uma série de opções. Selecionado a opção “Denunciar”, o Instagram irá questionar o motivo dessa ação. Então a pessoa clica em “Denunciar Conta” e, na sequência, em “Está fingindo ser outra pessoa”.

A Polícia Civil também aconselha que todas as vítimas de golpes façam o registro na delegacia, presencialmente ou de forma on-line, para que as circunstâncias possam ser apuradas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.