Feiras Livre e Ecológica serão revitalizadas

Padronização e qualificação passam a ser as palavras-chave da organização de dois eventos que, há anos, integram a rotina da comunidade bento-gonçalvense. A partir do dia 23 de julho, a Feira Livre e a Feira Ecológica passarão por uma revitalização. O projeto, em nível federal, prevê adoção de barracas padronizadas e qualificação dos feirantes, entre outros aspectos. O município foi o único do Rio Grande do Sul a obter a aprovação do projeto.

 O secretário municipal de Agricultura, Gilmar Cantelli adianta que uma das modificações mais significativas será a padronização das barracas. Cada feirante receberá uma balança eletrônica, cerca de 40 caixas plásticas para armazenar os produtos, jalecos, lixeiras e placas informativas de preços. “Vai ser bom para o cliente e para o produtor”, comemora Cantelli.

A revitalização do evento também prevê investimentos em qualificação do atendimento. Desde o final de maio os feirantes estão participando de cursos para melhorar a qualidade no atendimento. As aulas são divididas em seis etapas que contemplam diversos momentos da venda “O curso aborda atendimento ao cliente, vendas, manipulação de alimentos e apresentação”, detalha o secretário.

Produtos

A Feira Livre é realizada em Bento Gonçalves desde 1977 e conta com frutas, verduras e legumes comercializados pelos próprios produtores. A Feira Ecológica foi criada em 1998 e comercializa produtos orgânicos como morangos, pêssegos, uvas, suco de uva, caldo de cana, melado, bananas e conservas.

Josiane Ribeiro

Leia mais na edição desta sexta-feira do SerraNossa 

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.