Força-tarefa para instalação de tornozeleiras eletrônicas é realizada em Bento

O intuito da força-tarefa, realizada no complexo administrativo de Bento, foi zerar a demanda de apenados do regime semiaberto que aguardavam a instalação do equipamento

Foto: Divulgação/Susepe

Entre os dias 11 e 29 de abril, o Instituto Penal de Monitoramento Eletrônico da 7ª região penitenciária (IPME7), da Susepe, que atua na Serra Gaúcha, realizou uma força-tarefa em Bento Gonçalves para a instalação de tornozeleiras eletrônicas, com intuito de zerar a demanda de apenados do regime semiaberto que aguardavam a instalação do equipamento.

Na ação realizada no Complexo Administrativo da prefeitura municipal de Bento Gonçalves, foram colocadas 56 tornozeleiras, o que zerou a demanda da cidade. Além disso, neste mês de abril, o IPME da 7ª região realizou 142 instalações, nas cidades de Canela, Caxias do Sul, Guaporé, Nova Prata, Vacaria e São Francisco de Paula, tendo sido zerada também a demanda neste último município.


O diretor do IPME7, Altamir João Bianchi, e a coordenadora do IPME7, Gabriela Teresa Prezzi, contaram com apoio da 7ª Delegacia Penitenciária Regional e da Divisão de Monitoramento Eletrônico (DME), que fez a liberação do material a ser entregue aos servidores penitenciários da região para a instalação do equipamento. Gabriela destaca que a equipe da base de Bento Gonçalves realizou um excelente trabalho. “A força-tarefa contou com o empenho de todos envolvidos nesta operação, tais como a Prefeitura Municipal que cedeu o espaço para as instalações, o IPME7, a 7ª DPR e o DME que buscaram agilizar a entrega dos equipamentos necessários para realização do trabalho atendendo ao cronograma estipulado”.