Garibaldi registra primeiro caso de varíola do macaco

Paciente já está recuperado e não há novos casos suspeitos no município

A Secretaria de Saúde de Garibaldi confirmou, nesta terça-feira, 02/08, o primeiro caso de varíola dos macacos (Monkeypox) em um morador do município. O paciente, que teve o diagnóstico após o exame coletado logo que apresentou os sintomas, há uma semana, permaneceu em isolamento domiciliar durante o período e já recebeu alta médica.

O município tomou todas as providências cabíveis para monitorar o paciente, seus familiares e pessoas próximas durante o período do isolamento. Segundo o Setor de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, até o momento, não existem novos casos de suspeita da doença.

A secretária de Saúde, Clarisse Lagunas, alerta que, em caso de suspeita, o paciente deve procurar o Pronto Atendimento Médico (PAM) para avaliação e, diante de suspeita clínica, receberá o devido isolamento. A vigilância epidemiológica será notificada para posterior coleta dos exames conforme solicitação médica.

“É importante observar o histórico de viagem para país endêmico ou com casos confirmados de Monkeypox nos 21 dias anteriores ao início dos sintomas, contato íntimo com desconhecidos e/ou parceiros casuais, ou, ainda, vínculo epidemiológico com caso suspeito, provável ou confirmado da doença”, alerta. Clarisse Lagunas observa ainda que a prevenção da varíola do macaco é uma tarefa de todos os garibaldenses.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.