Granizo atinge produções de caqui e kiwi

Propriedades de caqui e de kiwi de algumas localidades no interior de Pinto Bandeira foram atingidas por um forte temporal de granizo no período da colheita, o que reduziu consideravelmente a produtividade. O produtor Vanderlei Dondoni, que cultiva as variedades de caqui Fuyu e Kyoto na linha Jansen lamenta ter perdido aproximadamente 90% da colheita deste ano.

Como a tempestade atingiu a propriedade pouco antes da colheita, não foi possível salvar o fruto. “O caqui foi danificado na planta mesmo, sem cair, faltando poucos dias para colhermos”, relata. Desde 2006, Dondoni não havia presenciado situação parecida. Maria Goreti Ferrari Paese revela que boa parte da produção de kiwi no interior de Pinto Bandeira caiu do pé pouco antes da colheita, por causa do granizo. “Em nossa propriedade, colhemos frutos bonitos um pouco antes da chuva de pedras”, afirma.

Já o seu cunhado José Carlos Paese confirma ter perdido de 15% a 20% da produção. “As plantas sofreram com duas ocorrências de granizo: em outubro do ano passado e em abril deste ano, no período da colheita”, argumenta. “Houve ainda a morte de 2% a 3% das plantas na minha propriedade”, revela. Diante dos prejuízos, Paese estima ter colhido aproximadamente 50 toneladas das variedades de kiwi Bruno e Helmut, esta última plantada recentemente.

Nas comunidades que não foram atingidas pela chuva de pedras, a produção de kiwi foi normal, segundo o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Thompson Didoné. “As variedades tradicionais, de polpa verde, como Bruno e Monty, e as variedades precoces, de polpa amarela, tiveram boa produção”, revela. “As variedades de polpa verde da metade para o final da safra tiveram qualidade excelente”, indica.

Andreia Dalla Colletta

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.