Gripe: Bento atingiu 63,15% da meta

Segue até a próxima sexta-feira, dia 22 de maio, a Campanha de Vacinação Contra a Gripe. Segundo dados do setor de Imunizações da secretaria municipal da Saúde (SMS), até o momento, Bento Gonçalves já atingiu 63,15% da meta. Além dos idosos, a imunização também é oferecida para as crianças de seis meses a menores de cinco anos, aos trabalhadores da saúde, às gestantes (em qualquer fase da gravidez), puérperas e portadores de doenças crônicas não transmissíveis. Também é oferecida a vacina contra o tétano para todas as pessoas com 60 anos de idade ou mais.  

A vacina é aplicada nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. Até esta segunda-feira, dia 18, foram vacinados 9.559 idosos, 2.513 crianças, 2.366 trabalhadores da área da Saúde, 663 gestantes, 132 puérperas e 2.157 portadores de doenças crônicas. A meta é imunizar 80% dos grupos prioritários. 

O coordenador do setor de Imunizações, Michael Manfredini, faz um alerta aos pais. “Vacinamos somente 50% das crianças. É importante que os pais aproveitem os últimos dias da campanha para vacinarem seus filhos. Os dados apontam que houve redução de 50% nas internações após o início das imunizações contra a gripe no país”, destaca. 

Dúvidas mais frequentes

O que é gripe? 

A gripe é uma doença respiratória causada pelo vírus Influenza.Os sintomas mais comuns são: febre, dor de cabeça, dores musculares por todo o corpo, prostração, corrimento nasal, tosse e dores de garganta. Os sintomas da gripe podem aparecer entre 1 a 4 dias.    

Como a gripe é transmitida? 

O vírus da gripe é transmitido de uma pessoa doente para outra através da tosse ou espirros, ou também pelo contato de mãos contaminadas.   

 O que é resfriado? 

É necessário entender que existem outras doenças respiratórias que apresentam sintomas muito semelhantes aos da gripe e que podem ser confundidos com a doença. É o caso da rinite alérgica e do resfriado comum. A rinite alérgica caracteriza-se por espirros, congestão e corrimento nasal e não costuma ser acompanhada de febre. No resfriado comum, a pessoa pode apresentar obstrução e corrimento no nariz com febre. Por terem sintomas muito parecidos com os da gripe, as pessoas vacinadas que sofrem de resfriado ou de rinite podem acreditar que a vacina não fez efeito, o que não é verdade.    

Por que um idoso deve ser vacinado contra a gripe? 

Nos idosos ocorrem as formas mais graves de gripe e suas complicações, como a pneumonia. Cerca de 90% das mortes causadas pela gripe acontecem em pessoas idosas.   

Por que as crianças entre 6 meses a menores de 2 anos, as gestantes e as puérperas devem ser vacinadas contra a gripe? 

Os casos de hospitalização, desde 2009, tem um alto índice de incidência nas crianças menores de 2 anos e nas mulheres em idade fértil, por este motivo estes grupos foram elencados para serem vacinados, na tentativa de diminuição das hospitalizações e dos óbitos.    

Por que os grupos prioritários deve ser vacinados todos os anos? 

A proteção da vacina inicia-se em torno de duas semanas após sua aplicação e tem efeito até os quatro meses seguintes. Após este período ocorre uma queda da proteção, o que pode variar de pessoa para pessoa. Além do mais, o vírus da gripe sofre alterações de um ano para outro. Por essa razão, a vacina da gripe é reformulada a cada temporada. Por isso, é necessário tomar a vacina antigripal anualmente.   

Quem não deve ser vacinado? 

As pessoas que são hipersensíveis ao ovo de galinha e seus derivados não deveriam receber a vacina antigripal.   

Medidas de precaução padrão

O risco de contágio pode ser reduzido através da combinação de medidas gerais de cuidados, de higiene e de etiqueta respiratória (medidas de precaução padrão). Nenhuma ação isolada fornece proteção completa, mas uma combinação dos seguintes passos pode auxiliar a diminuir a possibilidade de transmissão viral:

-Higienizar as mãos com freqüência;-Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

-Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

-Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

-Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

-Não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;

-Evitar aperto de mãos, abraços e beijo social quando estiver doente;

-Reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração;

-Manter distância (mínimo de 1 metro) de indivíduos com sintomas gripais;

-Ventilar os ambientes.     

É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização expressa do Grupo SERRANOSSA.

Siga o SERRANOSSA!

Twitter: @SERRANOSSA

Facebook: Grupo SERRANOSSA

O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários publicados no portal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.