Grupo de ciclistas faz homenagem a colega internado no Tacchini

Ciclista Alexandro Tibolla, de 33 anos, foi atropelado por um veículo no dia 27/09, e recebeu alta da UTI na semana passada

Foto: arquivo pessoal

Dezenas de ciclistas do grupo Bento Alto Giro estiveram reunidos em frente ao Hospital Tacchini na manhã deste domingo, 17/10, para homenagear o colega Alexandro Tibolla, de 33 anos. O ciclista foi atropelado por um veículo no dia 27/09, na BR-470, e estava internado na UTI desde a semana passada, após realizar diversos procedimentos cirúrgicos na região da face e da coluna. Segundo familiares, ele deverá passar por uma nova cirurgia na face e, depois, a expectativa é que receba alta do hospital.

A homenagem feita pelo grupo teve o intuito de dar força ao ciclista, que recebeu a atitude com lágrimas nos olhos. “Todo esse carinho e torcida com certeza estão fazendo a diferença. Hoje pela manhã quando o pessoal foi lá [no hospital] ele se emocionou bastante, chorou muito”, relatou a companheira Sheila Krutli.

Sobre o caso

O acidente aconteceu por volta das 12h50 do dia 27/09, no bairro Nossa Senhora da Saúde, na BR-470. Conforme a PRF, o motorista responsável pelo atropelamento teria fugido do local, mas o carro que ele conduzia foi localizado durante a tarde. Com o apoio dos serviços de inteligência da PRF e da Brigada Militar (BM), os policiais localizaram o veículo Corsa com as características do procurado estacionado em um bairro de Bento, com a placa coberta por um pano.

Pelos danos e pela identificação da placa, os PRFs confirmaram que era o veículo envolvido. Ele foi recolhido para o depósito e passou por perícia.

No dia seguinte, 28/09, o motorista se apresentou à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Conforme informações da Polícia Civil, ele foi identificado e contatado durante a tarde e teria se apresentado voluntariamente no mesmo dia, na presença de um advogado. Conforme o delegado da DPPA, Fernando Cruz Alexandre, o homem alegou ter prestado socorro e relatou que não teria fugido do local. “Agora vamos continuar investigando para descobrir o que realmente aconteceu”, disse o delegado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.