Homem acusado de tentar matar inquilino em 2016 em Bento vai a Júri

Acusado de 67 anos atirou contra a vítima, que fazia churrasco em frente à sua residência no Imigrante, após saber que o homem havia ameaçado sua filha e a oferecido drogas

Foto: arquivo/Brigada Militar

Um homem de 67 anos será julgado na próxima quinta-feira, 05/05, por tentativa de homicídio cometida em outubro de 2016, em Bento Gonçalves. Conforme denúncia do Ministério Público, a vítima foi atingida por três disparos de arma de fogo na residência que alugava do acusado na rua João Casagrande, bairro Imigrante.

O fato teria acontecido quando a vítima fazia um churrasco em frente à residência. O homem alugava a parte debaixo da casa, enquanto o acusado, proprietário do imóvel, residia na parte superior.

Conforme consta no processo judicial, o acusado teria tomado conhecimento de que seu inquilino havia ameaçado a sua filha e a oferecido drogas, “tendo desconfiança, ainda, de que ele pudesse tê-la violentado ou molestado, inclusive sexualmente”. Por conta disso, o réu teria se dirigido à janela superior da sua casa e efetuado diversos disparos em direção à vítima, que foi atingida na região da cabeça, olhos, região cervical e pulmão direito.

Devido às lesões, a vítima teve “perda permanente da função visual do olho direito e deformidade permanente da órbita direita, sofrendo, ainda, perigo de vida”, cita o processo.

O Júri Popular do réu terá início às 9h, na comarca de Bento Gonçalves.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.