Mais de 208 mil clientes permanecem sem luz no RS após passagem de ciclone

Queda de postes e árvores, assim como rompimento de fios, causou falta de energia em mais de 208 mil casas do RS. Imagem: Reprodução/Twitter @EPTC_POA

Após a passagem do ciclone subtropical Yakecan, entre a terça, 17/05, e a madrugada desta quarta-feira, 18/05, 208.500 pontos permanecem sem luz em todo o Estado. O último balanço divulgado pela RGE apontava que 21,5 mil clientes ainda seguiam sem energia nas regiões de Canoas, Vale dos Sinos, Serra e Vale do Rio Pardo – o número anterior era de 34 mil. A  CEEE Grupo Equatorial divulgou que na manhã desta quarta-feira 187 mil clientes nos municípios de Porto Alegre, Pelotas, Viamão, Tramandaí, Guaíba, Rio Grande, Osório, Torres, Alvorada e Santa Vitória do Palmar estavam sem luz.

O ciclone Yakecan trouxe vários impactos à rede elétrica, incluindo rajadas de ventos de mais de 100 km/h, quedas de árvores, galhos e outros objetos sobre a rede de distribuição de energia elétrica, como telhas de casas, causando interrupções e corte em cabos além da derrubada de postes de distribuição. As concessionárias informam que estão com todo o efetivo de trabalhadores nas ruas.

Além dos estragos em diversas cidades, o ciclone provocou o avanço do mar em algumas praias. Em Mostardas, por exemplo, as águas se aproximaram das guaritas no dia de ontem. Já nesta quarta-feira, foi possível ver que em Xangri-lá, na Plataforma Marítima de Atlântida, as ondas estavam quebrando fortemente na costa. A MetSul Meteorologia, porém, informou que a ressaca maior poderá ser registrada entre a noite de hoje e a madrugada desta quinta. Projeções da Marinha indicaram que as ondas podem chegar a cinco metros.  

As concessionárias alertam para que ninguém tente fazer consertos por conta própria, tampouco toque em fios rompidos ou em quaisquer equipamentos da rede, pois não há como saber se estão energizados ou não.

Informações: Correio do Povo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.