Médica do SUS de Santa Tereza registra BO por falsificação de atestados

A médica afirma que os atestados eram reais e foram entregues nas consultas, porém, na versão original, continham apenas um dia de afastamento. As versões possivelmente alteradas dos documentos atestavam dois, quatro e cinco dias.

Foto: Freepik

Uma médica que atende pelo Sistema Único de Saúde (SUS) da cidade de Santa Tereza registrou Boletim de Ocorrência (BO) após descobrir que atestados médicos em seu nome teriam sido fraudados.

De acordo com a profissional, em registro policial, o representante de uma empresa que presta serviços terceirizados para a prefeitura de Bento Gonçalves lhe informou que uma de suas funcionárias teria apresentado os atestados adulterados. Segundo ele, os documentos passaram por perícia.

A médica afirma no Boletim de Ocorrência que os atestados eram reais e foram entregues nas consultas, porém, na versão original, continham apenas um dia de afastamento. As versões possivelmente alteradas dos documentos atestavam dois, quatro e cinco dias.

A profissional também informou o caso ao Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.