Membro de organização criminosa que atua no RS é preso no Paraguai

Na madrugada desta quarta-feira, 11/08, a Polícia Civil, em conjunto com a Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai, prendeu um foragido que atuava a mando do líder de uma das organizações criminosas que operam no RS. 

Segundo a Polícia Civil, Leonardo Silva de Souza, o Nego Leo, foi preso em um apartamento em Pedro Juan Caballero, na fronteira do Paraguai com Ponta Porã (MS). Ele tem antecedentes por narcotráfico, lavagem de dinheiro e homicídio e era procurado desde 2016.

De acordo com as investigações, o criminoso coordenava a compra e o envio de drogas e armas ao RS. Conforme a Polícia Civil, ele era o único da escala hierárquica da facção que ainda estava solto e seguia comandando o tráfico e ordenando execuções no Estado.

Após sofrer expulsão imediata do país vizinho, ele deve chegar ao RS nesta quarta-feira, 11/08.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.