Mês de conscientização alerta para 80% de chance de cura do câncer infantojuvenil em casos de diagnóstico precoce

Um mês de conscientização, informação e diagnóstico precoce. Essa é a campanha Setembro Dourado, uma iniciativa da Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (CONIACC), para combater a primeira causa de morte por doença entre crianças e adolescentes até 19 anos no Brasil. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), por ano cerca de 8,4 mil pacientes são diagnosticados com câncer infantojuvenil no país. No Rio Grande do Sul, o número fica em torno de 400 novos casos.  

Para marcar o mês dourado, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, participará de uma live alusiva que dará início às atividades que são realizadas. A transmissão será feita nesta quarta-feira, 01/09, a partir das 20h, nas redes sociais do ICI, e vai reunir também o Superintendente da instituição, Dr. Algemir Brunetto, o Embaixador do ICI para América Latina e jogador de futebol, D'Alessandro, e a embaixadora regional do ICI, Cris Silva.

O principal objetivo do Setembro Dourado é conscientizar a população sobre os sintomas da doença. Segundo o médico oncologista do ICI, Dr. Lauro Gregianin, o tipo de câncer mais comum entre crianças e adolescentes é a leucemia aguda, que determina inicialmente um quadro de anemia (palidez), prostração, febre baixa e persistente, manchas roxas na pele e eventualmente sangramento gengival. “Outra neoplasia frequente são os tumores do sistema nervoso central, que normalmente determinam dores de cabeça, náuseas e até vômitos, algumas vezes inclusive com perda de equilíbrio e paralisia facial”, aponta. Entre as demais neoplasias, o oncologista destaca os linfomas que provocam aumento do volume das “inguas” ou linfonodos, principalmente na região do pescoço, além dos tumores ósseos que se manifestam principalmente próximo do joelho e entre adolescentes. 

Dr. Lauro ressalta que, mesmo que nem todos os sintomas se manifestem, é importante observar a criança ou adolescente. “Na presença de qualquer alteração no estado de saúde da criança que não é habitual entre doenças comuns na infância e que persistem, os pais devem buscar atendimento imediatamente, seja em unidades básicas de saúde ou com o pediatra, e a pandemia não deve interferir nessa busca”, observa. 

O tema da campanha do Setembro Dourado é “Repare no detalhe”, para alertar os pais sobre esses sintomas que, quando detectados precocemente, auxiliam no diagnóstico e no tratamento das crianças e adolescentes. A hashtag oficial é #reparenodetalhe e no site www.reparenodetalhe.com é possível encontrar mais informações sobre o Setembro Dourado e atividades do Instituto do Câncer Infantil. 


 

Bento Gonçalves está engajada na campanha mundial que tem o laço dourado como símbolo

Desde 2014, Bento Gonçalves está engajada nas ações do Setembro Dourado com uma campanha informativa coordenada por um grupo de voluntárias. Em 2020, as ações do município passam a contar com a chancela oficial do Instituto do Câncer Infantil, que tem sede em Porto Alegre e presta assistência a pacientes de oncologia pediátrica em todo o estado. Desde o ano passado, a empresária Renata Sandrin, que já era embaixadora do ICI, passou a integrar o Conselho de Administração do instituto para a gestão 2020/2024, o que possibilita ainda mais o fortalecimento da campanha no município. 

Na cidade são aproximadamente 15 crianças e jovens com tratamento multidisciplinar vinculado ao Instituto do Câncer Infantil. O atendimento a esses pacientes ocorre na própria sede do Instituto ou no Hospital Geral de Caxias do Sul, um dos seis complexos hospitalares no estado que têm centros de referência em oncologia pediátrica conveniados ao ICI. São hospitais públicos ou conveniados ao SUS cuja qualidade assistencial aos pacientes de câncer infanto-juvenil não perde para os hospitais privados e cobrem praticamente todo o território gaúcho.

As ações do Setembro Dourado foram ganhando força e serão realizadas através de parceria entre a Secretaria de Saúde sendo que, os médicos que atuam nos postos de saúde estarão recebendo uma capacitação do ICI, bem como a Secretaria de Educação receberá materiais digitais e impressos para distribuírem as escolas municipais. 


 

O Lions Clube Cidade do Vinho, Grupo de Escoteiros Ciretama  , A Nossa Casa (Centro Espírita) e Corpo de Bombeiros também apoiam a Campanha e aos finais de semana, junto a voluntários estarão em diversos pontos de lazer  realizando a banca solidária, com a visita do Leão da Coragem à cidade. Essa banca tem o objetivo de alertar e orientar as famílias quanto o diagnóstico precoce, através da entrega de material.

Datas e Locais:

07/09 (Terça-feira/feriado)  – Banca informativa – Fundaparque, às15h
11/09 (Sábado) – Banca informativa – Via del Vino, das 10h às 11h
11/09 (Sábado) – Banca informativa – UCS, tarde
12/09 (Domingo) – Banca informativa – Praça Planalto, tarde
19/09 (Domingo) – Banca informativa – Praça bairro Fátima, tarde
25/09 (Sábado) – Capacitação médicos – Postos de Saúde, on-line, das 8h às 12h

RS possui política de atenção à oncologia pediátrica

Em agosto de 2020, o governador Eduardo Leite sancionou a lei que agiliza o diagnóstico e tratamento de pacientes com câncer infantojuvenil. De autoria do Deputado Estadual Tenente-Coronel Zucco, o objetivo é aumentar os índices de cura e a melhoria da qualidade de vida de pacientes com câncer entre zero e 19 anos. A lei assegura o tratamento diferenciado, universal e integral às crianças e adolescentes portadores de câncer, através de um modelo de assistência integral da rede de atendimento de saúde. 

O deputado ainda preside a Frente Parlamentar na Assembleia Legislativa em apoio ao Instituto do Câncer Infantil e é autor da lei que institui o Setembro Dourado.  

Investimento em Pesquisa Científica para combater o câncer infantojuvenil

Há mais de 20 anos o Instituto do Câncer Infantil investe em Pesquisas Científicas com objetivo de gerar conhecimentos que possam ser utilizados para aumentar as chances de cura dos pacientes com câncer infantojuvenil. Com uma equipe de pesquisa qualificada que desenvolve projetos de forma independente ou em parceria com organizações nacionais e internacionais, o ICI possui o Centro de Pesquisa Rafael Accordi – um laboratório integrado que permite o conhecimento das alterações genéticas relacionadas à evolução do câncer infantil para descobrir novas estratégias de combate à doença.

Entre os tipos de pesquisa realizados no ICI estão: Pesquisa Celular e Molecular, para descobrir novas estratégias de tratamento do câncer infantil a partir do conhecimento da biologia tumoral, a Pesquisa Clínica e Epidemiológica, para avaliar o impacto de novos tratamentos cirúrgicos, radioterápicos ou quimioterápicos em pacientes diagnosticados com câncer, e a Pesquisa Bioinformática, que combina conhecimentos da biologia, ciência da computação, informática e matéria/estatística para processar dados biológicos ou biomédicos.  

Sobre o Instituto do Câncer Infantil

O Instituto do Câncer Infantil (ICI) assiste crianças e adolescentes com câncer de 0 a 19 anos, visando aumentar os índices de cura e a qualidade de vida dos pacientes e seus familiares. A instituição proporciona Consultas médicas, assistência integral e multidisciplinar nas áreas: Oncologia Pediátrica, Fisioterapia, Psicologia, Pedagogia, Odontologia, Psicopedagogia, Nutrição, Fonoaudiologia, Treinamento Funcional, Serviço Social, Apoio Jurídico e Terapias Alternativas como Reiki e Musicoterapia; Benefícios assistenciais como: Vestuário, calçados, cestas básicas e materiais de higiene e limpeza, além de apoio com transportes, medicações e exames especiais. Atividades de lazer e cultural, festividades, atividades de recreação e entretenimento para amenizar período de internação. Além da assistência, o ICI é referência em  projetos de Pesquisas Científicas dedicados aos avanços de novos tratamentos e geração de conhecimento científico com parcerias nacionais e internacionais.  Desde sua criação já foram atendidas 2.500 famílias.

Mais informações podem ser solicitadas pelo e-mail [email protected]

Fonte e fotos: Agência Moura

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.