Mesmo valor, menos benefícios

Começou a vigorar na última segunda-feira, dia 28, o novo valor das passagens do transporte coletivo urbano de Bento Gonçalves. A tarifa passou de RS 2,20 para R$ 2,50. O transporte seletivo também foi reajustado e o novo valor é de R$ 3,05. A decisão anunciada pelo prefeito Roberto Lunelli só foi definida depois de um longo período de negociações.

Na cidade de Caxias do Sul, a Viação Santa Tereza (Visate), responsável pelo transporte coletivo urbano, aumentou no final de 2010 o valor das passagens. A tarifa, que era de R$ 2,20 passou para R$2,50. Já para os táxi lotação, o valor definido foi de R$ 2,75. O preço, que não era alterado desde 2008, foi sugerido por um estudo técnico da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM).

O aumento de 13,6% desagradou vários setores da sociedade, como por exemplo, o Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Caxias do Sul, que realizou protesto na data. Porém, o valor é o mesmo praticado em municípios do mesmo porte. No início de março de 2011, por exemplo, na cidade de Canoas, o valor da passagem convencional subiu de R$2,30 para R$2,50 e do ônibus seletivo, de R$2,70 para R$2,95.

Em comparação ao que é oferecido em Bento Gonçalves pelas duas empresas prestadoras de serviço, a Viação Santa Tereza trabalha com um número muito superior de benefícios. A principal está na integração tarifária, que permite a utilização de dois ônibus e o pagamento de apenas uma passagem no período de uma hora. Além disso, toda a comercialização das passagens é realizada com cartões, com opções para venda de créditos pela internet ou em pontos espalhados pela cidade.

Confira a matéria completa na edição desta sexta-feira do SerraNossa

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.