Micro-ônibus que transportava pacientes tomba no RS, deixa um morto e outros 13 feridos

Os pacientes estavam a caminho de Ijuí para a realização de consultas médicas

Foto: Prefeitura de Alegrete

Um micro-ônibus da secretaria de Saúde de Alegrete que transportava pacientes tombou, na manhã de terça-feira, 21/11, na ERS-377, perto da localidade de Santa Tecla, em Tupanciretã, na Região Central do Rio Grande do Sul. De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), um passageiro morreu e outras 13 pessoas ficaram feridas.

A prefeitura de Alegrete confirmou que o veículo fazia parte da frota oficial. O micro-ônibus era conduzido por um servidor do município. Em nota, o Executivo municipal informou que “vem prestando todo o apoio e assistência aos passageiros e suas famílias, bem como à família da vítima da fatalidade” e que “se coloca à disposição das autoridades”.


Os pacientes estavam a caminho de Ijuí para a realização de consultas médicas. As causas do acidente estão sendo apuradas pela Polícia Civil.

Nota da prefeitura de Alegrete

“Mantendo o compromisso e a transparência do serviço público prestado à população de Alegrete, a Prefeitura de Alegrete, por meio da Secretaria de Saúde, vem a público lamentar profundamente o acidente de trânsito envolvendo um micro-ônibus do Município, que tombou na manhã deste dia 21 de novembro de 2023, na ERS 377, entre Capão do Cipó e Santa Tecla.

O veículo transportava pacientes e seus acompanhantes para a realização de consultas médicas em Ijuí.

Infelizmente, o acidente vitimou fatalmente um dos passageiros.

A Administração Municipal se solidariza com a família da vítima nesse momento de dor.


O veículo era conduzido por servidor efetivo do Município e o micro-ônibus pertence à frota da prefeitura.

As causas do acidente serão apuradas pelas autoridades.

Desde o acidente, a prefeitura de Alegrete vem prestando todo o apoio e assistência aos passageiros e suas famílias, bem como à família da vítima da fatalidade.

A Administração Municipal informa, ainda, que se coloca à disposição das autoridades, a fim de prestar todos os esclarecimentos necessários para a apuração dos fatos que provocaram o acidente”.