Ministério Público indica necessidade de adequação em obra do túnel

Após audiência decorrente de inquérito civil, ficou acordado que prefeitura de Bento irá ampliar alças de acesso para possibilitar manobras de veículos maiores. Simulação deve ser realizada após a adequação para garantir eficácia da medida

Foto: arquivo/SERRANOSSA

O Inquérito Civil do Ministério Público que apura possíveis falhas nas obras do túnel do São João, em Bento Gonçalves, teve novos desdobramentos recentemente. No dia 09/06, foi realizada uma audiência com o MP e a prefeitura de Bento Gonçalves, a fim de “colher esclarecimentos” sobre a obra, conforme informa a promotora Carmem Garcia.

Na ocasião, ficou acordado que a prefeitura de Bento Gonçalves irá ampliar as alças de acesso ao túnel, a fim de permitir manobras de veículos maiores. Essa é uma das principais queixas de representantes de transportadoras do município, tendo em vista que a estrutura do túnel não permite a circulação de certos veículos como ônibus de transporte rodoviários (3 eixos), carreta de cinco eixos (18,60m), bitrem de sete eixos (BT7) e bitrem nove eixos, por exemplo – conforme denúncia encaminhada por empresários ao MP.

Em maio, o Ministério Público havia informado que estava aguardando um parecer técnico do Gabinete de Assessoramento Técnico (GAT), a “fim de verificar se a obra, do modo como foi projetada, oferece risco à segurança e permite o tráfego de veículos maiores”, disse a promotora Carmem na época.

Após o recebimento do parecer, o MP marcou a audiência realizada no dia 09/06, quando foram acordadas as adequações na obra. Conforme a prefeitura de Bento, a ampliação das alças ainda não teve início, “mas serão feitas”, afirma o Poder Público.

Depois que as mudanças forem feitas, deverá ser realizada uma simulação para garantir que a “medida será suficiente para atender a demanda das transportadoras”, informa a promotora. A simulação deve ser realizada em um prazo de 30 dias, a contar da data da audiência.

Prazos

Em maio, o consórcio responsável pela construção do túnel solicitou mais um aditivo de prazo. As obras tiveram início em agosto de 2020 e tinham previsão inicial de conclusão em 10 meses. Desde então, novos prazos foram sendo estabelecidos. O último previa que a estrutura fosse finalizada ainda no mês de maio.

Com esse novo aditivo de prazo, a expectativa é que as obras sejam concluídas em agosto. Até o momento, o valor total segue em R$ 13,4 milhões.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.