Ministério Público pede que ponte de concreto que liga RS e SC também passe por vistoria técnica

A Prefeitura de Torres afirmou que “está preocupada” com a condição da ponte de concreto

Foto: Reprodução

O Ministério Público (MP) abriu uma nova investigação e pediu que a ponte de concreto que liga as cidades de Torres, no Rio Grande do Sul e Passo de Torres, em Santa Catarina, também passe por perícia.

No local, há marcas de degradação da estrutura. De acordo com o promotor Márcio Roberto de Carvalho, a medida tem caráter preventivo.


“Eu entendi que ali merece também uma investigação, exatamente para evitar que ocorra um acidente grave, como ocorreu com a ponte pênsil. Já solicitamos uma vistoria ali”, afirmou.

A Prefeitura de Torres afirmou que “está preocupada” com a condição da ponte de concreto, já a prefeitura de Passo de Torres não se manifestou sobre o assunto.

Ponte pênsil

Em fevereiro deste ano, outra ponte que liga os dois municípios – a pênsil, sustentada por cabos, cedeu. Na ocasião, um jovem morreu e outras 16 pessoas ficaram feridas.

Brian Grandi, de 20 anos, era uma das pessoas que estava sobre a ponte quando os cabos romperam e morreu após cair no Rio Mampituba. O corpo dele foi encontrado quatro dias depois da queda, no mar, em Santa Catarina.

Fonte: G1