Missão brasileira vai operar em nova região na Turquia

A pedido do governo turco, a equipe brasileira irá apoiar as ações de busca e resgate de vítimas do terremoto na cidade de Hatay, localizada no sul do país

Foto: Divulgação/MDR

A missão humanitária brasileira que está na Turquia passará a operar em outra região do país. A pedido do governo turco, a equipe brasileira irá apoiar as ações de busca e resgate de vítimas do terremoto na cidade de Hatay, localizada no sul do país.

De acordo com o Itamaraty, representantes do governo turco solicitaram reforço de atendimento na província. A missão brasileira deixará Kahramanmaras e se deslocará para Hatay ainda neste fim de semana.


“Os representantes do governo turco informaram a necessidade de reforço nas operações de busca e resgate em Hatay, devido aos grandes impactos ocorridos também naquela região, e convidaram a missão brasileira a integrar seus esforços. Após reunião local do comando da missão brasileira com as equipes paulista, mineira e capixaba, a demanda turca foi imediatamente aceita e os preparativos para a mudança iniciados”, diz nota do Ministério das Relações Exteriores.

No novo local, as equipes brasileiras irão integrar as ações de busca e resgate em curso, coordenadas pela defesa civil da Turquia, além de atendimento médico a desabrigados. 

ajuda humanitária brasileira chegou a Turquia no início do mês, após o país ter registrado terremoto de magnitude 7.8 na escala. Participam da operação 42 especialistas em busca e regaste urbano, sendo 34 bombeiros de São Paulo, de Minas Gerais e do Espírito Santo, médicos e defesa civil.

O governo brasileiro enviou ainda seis toneladas de equipamentos para dar suporte às equipes durante os trabalhos e quatro cães farejadores para ajudar na localização das vítimas.